F1: Acordo com a Sauber rende R$ 51 Milhões a Giedo van der Garde

A equipe suíça Sauber o holandês Giedo van der Garde chegaram a um acordo, e o piloto irá receber uma indenização de R$ 51 Milhões de Reais, pela quebra de contrato. A informação é do site norte-americano Motor Sport.

Os advogados do piloto e os da equipe chegaram ao acordo no último final de semana, pouco antes do GP da Austrália. O piloto havia acionado a justiça, e recebido parecer favorável, por ter um contrato válido com a Sauber, para ser titular nesta temporada.

A equipe, contudo confirmou os nomes do brasileiro Felipe Nasr e do sueco Marcus Ericsson para a temporada de 2015. O que levou van der Garde a acionar a justiça australiana, e receber parecer favorável do Supremo Tribunal de Victoria, para disputar o GP da Austrália.

O piloto chegou a andar pelo paddock de Melbourne de macacão. Mas sem ter a Superlicença da FIA, e após um acordo com a Sauber, retirou a ação.

Só resta saber o quanto esse rombo no orçamento irá afetar a equipe, que na Austrália colocou Nasr em quinto e Ericsson na oitava posição no GP.  Foram 14 pontos e a terceira posição provisória entre os construtores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *