F1: Alonso ainda aguarda liberação médica para voltar a correr no GP da China

Fernando Alonso vive a expectativa de ser liberado para os médicos para correr no Grande Prêmio da China, o próximo do calendário da Fórmula 1, marcado para ocorrer no dia 17 de abril. De fora da última corrida no Bahrein por não ter conseguido uma recuperação completa de seu acidente a tempo, o espanhol ainda não está garantido para a próxima prova, apesar de alimentar esperanças de que finalmente vai voltar.

“Enquanto eu espero estar de volta ao cockpit na sexta-feira, até que eu receba a liberação total dos médicos para correr, continuo me preparando para a corrida do final de semana normalmente, mas ainda não podemos garantir nada”, afirmou o piloto.

Alonso admitiu ainda que não foi nada agradável receber a notícia de que estava vetado das pistas na última corrida, ainda que tenha noção de que a decisão foi a melhor para preservar sua integridade física.

“Foi desapontante ser informado que eu não poderia correr no Bahrein, mas eu respeito totalmente a decisão tomada pela equipe médica da FIA”, complementou.

Caso Alonso não seja liberado pelos médicos, Stoffel Vandoorne, que já substituiu o espanhol na última prova, será novamente o representante da McLaren ao lado de Jenson Button na corrida da China.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *