F1: Alonso comemora sorte e bom carro em Cingapura

Bicampeão mundial de Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso reencontrou a vitória na categoria neste domingo, vencendo o GP de Cingapura de Fórmula 1. Em sua 20ª conquista na categoria, o piloto da Renault estava sem vencer desde a etapa de Monza do ano passado.

Alonso, que já tinha chegado a Cingapura confiante em um bom resultado, reconheceu ter contado com a sorte e com um bom carro para driblar os problemas que teve na classificação de sábado. “Não tive sorte ontem, mas hoje tive”, disse.


Décimo quinto no grid de largada, ele viu vários favoritos enfrentarem problemas e punições, o que o ajudou a conquistar posições. “Em nenhum momento desistimos”, ressaltou, confirmando que a frase da véspera de que iria apenas “dar algumas voltas” foi mais um desabafo que uma convicção.


A determinação em tentar salvar o que fosse possível da etapa ficou clara ao começar a corrida usando o jogo obrigatório de pneus macios, não adequados à pista. Com isso, as chances de ser mais competitivo após a troca eram maiores.


Mas uma sucessão de eventos negativos com outros corredores acabou contribuindo para sua evolução na pista. “Tive sorte também com a entrada do safety car na hora certa e por ter um carro para vencer a corrida. Consegui ser muito mais agressivo e, apenas no final, consegui manter uma distância um pouco maior”, comentou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *