F1: Alonso descarta mudar estilo com proibição a reabastecimento

A partir de 2010, os carros da Fórmula 1 terão de largar com entre 180 e 220 quilos de gasolina a mais que no último ano. Porém, Fernando Alonso acredita que esse cenário, motivado pelo banimento do reabastecimento, não mudará muito as corridas nem o estilo de pilotagem dos automobilistas.

Com o objetivo de tirar as ultrapassagens dos boxes para a pista e de reduzir ainda mais os custos da categoria, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) resolveu banir o reabastecimento durante os grandes prêmios na próxima temporada, assim como acontecia de 1984 e 1993.

A alteração representará um desafio para as equipes, que precisarão fabricar carros eficientes em condições distintas – com muito e pouco peso. Para os pilotos, contudo, quase nada se altera, ao menos na avaliação de Alonso. “Não creio que isso vá ser decisivo ou mudar tanto as provas e o estilo de pilotagem”, assegurou. As declarações foram concedidas em um evento fechado de seu patrocinador em Madri ao qual teve acesso o diário Marca.

Mais detalhista na sequência, o bicampeão mundial só admite que o trato com os pneus será um pouco diferenciado. Nos próximos campeonatos, eles continuarão sendo trocados normalmente, mas chegarão aos boxes “mais triturados”, de acordo com o espanhol.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *