F1: Alonso domina treinos livres para o GP de Mônaco

A escuderia McLaren dominou o primeiro dia de treinos livres para o Grande Prêmio de Mônaco, quinta etapa da temporada da Fórmula 1. Fernando Alonso, vencedor desta corrida no ano passado com a equipe Renault, liderou a quinta-feira com um melhor tempo de 1:16.211.

No final da última sessão do dia, Kimi Raikkonen, da Ferrari, conseguiu se aproximar da McLaren e registrou o segundo melhor tempo, em 1:16.215, passando à frente de Lewis Hamilton, que vinha logo atrás de Alonso durante todo o dia.

Líder do Mundial de Pilotos, Hamilton aparece como o terceiro mais rápido, registrando uma marca somente cerca de 0s2 mais lenta que a de Alonso, antes de se acidentar e danificar seu carro.

A Ferrari, apesar de ter a vantagem de estar mais afinada com os pneus Bridgestone, sofre com uma estrutura maior de seu carro, sendo mais difícil achar o acerto ideal para a estreita pista de Mônaco.

O brasileiro Felipe Massa conseguiu acompanhar os líderes, mas aparece em sexto, com uma marca registrada no treino da tarde, em 1:16.784, cerca de 0s7 mais lento que aquele registrado pelo atual campeão Alonso.

Jarno Trulli, da Toyota, e Giancarlo Fisichella, da Renault, se enfiaram entre os líderes da temporada e registraram o quarto e quinto melhores tempos do dia. Os italianos aparecem na frente de Massa com 1:16.354 e 1:16.753, respectivamente.

Já o brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, não conseguiu aparecer entre os dez primeiros, registrando o 11º tempo do dia, com 1min17s449. O piloto, no entanto, ficou à frente de seu companheiro, Jenson Button, que foi o 12º.

Restando aproximadamente 20 minutos para o final da segunda sessão do dia, Adrian Sutil, da equipe Spyker, sofreu um forte acidente, causando uma bandeira vermelha e a interrupção do treino. O carro ficou seriamente danificado, mas o piloto nada sofreu.

Nos últimos minutos de trabalho do dia, foi a vez de Ralf Schumacher, da Toyota, sofrer um forte acidente e interromper a sessão. Como nos demais acidente do dia, o piloto alemão não se feriu, mas danificou bastante o seu carro.

Diferentemente das demais etapas, o GP de Mônaco é o único que realiza os primeiros treinos livres na quinta-feira, ao invés da sexta – quando acontecem os treinos classificatórios da GP2, categoria de acesso à Fórmula 1.

Confira os tempos da segunda sessão de treinos:
1. Fernando Alonso – McLaren/Mercedes, 1min15s940
2. Kimi Räikkönen – Ferrari, 1min16s215
3. Lewis Hamilton – McLaren/Mercedes, 1min16s296
4. Jarno Trulli – Toyota, 1min16s354
5. Giancarlo Fisichella – Renault, 1min16s753
6. Felipe Massa – Ferrari, 1min16s784
7. Robert Kubica – BMW Sauber, 1min16s848
8. Nico Rosberg – Williams/Toyota, 1min16s852
9. Mark Webber – Red Bull/Renault, 1min17s292
10. David Coulthard – Red Bull/Renault, 1min17s414
11. Rubens Barrichello – Honda, 1min17s449
12. Jenson Button – Honda, 1min17s457
13. Takuma Sato – Super Aguri/Honda, 1min17s459
14. Nick Heidfeld – BMW Sauber, 1min17s486
15. Alexander Wurz – Williams/Toyota, 1min17s516
16. Vitantonio Liuzzi – Toro Rosso/Ferrari, 1min17s898
17. Heikki Kövalainen – Renault, 1min18s086
18. Scott Speed – Toro Rosso/Ferrari, 1min18s233
19. Anthony Davidson – Super Aguri/Honda, 1min18s328
20. Ralf Schumacher – Toyota, 1min18s662
21. Christijan Albers – Spyker/Ferrari, 1min18s820
22. Adrian Sutil – Spyker/Ferrari, 1min19s358

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *