F1: Alonso estréia com a McLaren, e Hamilton lidera em Jerez

Fernando Alonso foi o destaque do último dia de testes da Fórmula 1 em 2006, mesmo não tendo registrado o melhor tempo do dia. O piloto espanhol realizou sua primeira sessão com a nova equipe, a McLaren, conforme as escuderias da categoria encerraram em Jerez de la Frontera, na Espanha, a programação do ano com o terceiro dia seguido de testes.


O mais rápido do dia foi Lewis Hamilton, também da equipe McLaren. Seu melhor tempo ficou em 1min19s493. Enquanto isso, Alonso registrou a terceira melhor marca, com 1min19s747, menos de 0s3 mais lento. O espanhol chegou a completar 95 voltas com um carro sem logotipo de patrocinadores e com o capacete branco, sem indicação de que era ele ao volante.

“Eu estou feliz por ter podido pilotar um McLaren mais cedo do que esperava. Gostaria de agradecer ao Flavio (Briatore) por ter concordado conosco. Estou realmente animado sobre o futuro e gostaria de desejar a todos um feliz Natal e bom ano novo”, afirmou Alonso em comunicado divulgado pela equipe.

Durante todo o dia a McLaren tentou manter os olhares longe de Alonso, e curiosamente não colocou em seu carro um transmissor que informa ao vivo os tempos registrados pelo monoposto do espanhol. Nem ele, nem Hamilton enfrentaram problemas.

O mesmo não se aplica a Heikki Kovalainen, que causou duas bandeiras vermelhas quando parou na pista com suspeita de problemas mecânicos. O finlandês titular da Renault foi o segundo do dia, apesar disso, com 1min19s586.

Seu companheiro, o italiano Giancarlo Fisichella, aparece logo atrás, com o quarto tempo, em 1min19s798, e 100 voltas completadas.

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que testou nos dois dias anteriores, voltou para o Brasil onde participa de uma corrida de kart com outras estrelas do automobilismo. Pela equipe italiana estiveram na pista o reserva Luca Badoer, que registrou a sétima marca, e Marc Gene, piloto de testes do time, que foi o 11º.

Outra novidade da sexta-feira de testes da F-1 foi a estréia de Marco Andretti, descendente de uma família tradicionalmente envolvida com o automobilismo. O novato completou 67 voltas com um carro da Honda, e registrou o 14º tempo, 1min21s888, superando apenas Scott Speed, da Toro Rosso.

Outro piloto testando pela Honda foi Christian Klien, que registrou 1min19s835, aparecendo em quinto. No total, ele completou 121 voltas, andando menos apenas que Robert Kubica, da BMW, o sexto da sessão.

Contratação

A escuderia Super Aguri anunciou nesta sexta-feira a contratação do piloto Giedo van der Garde como seu reserva para a próxima temporada. Aos 21 anos, o holandês disputou recentemente a Fórmula 3 Européia na categoria júnior. “Ele é um piloto jovem com muito potencial”, afirmou Aguri Suzuki, chefe da equipe.


Confira os tempos dessa sexta-feira:

1. Lewis Hamilton – McLaren-Mercedes 1:19.493 100 voltas
2. Heikki Kovalainen – Renault 1:19.586 92
3. Fernando Alonso – McLaren-Mercedes 1:19.750 95
4. Giancarlo Fisichella – Renault 1:19.798 100
5. Christian Klien – Honda 1:19.835 121
6. Robert Kubica – BMW-Sauber 1:19.894 125
7. Luca Badoer – Ferrari 1:19.899 38
8. Sebastien Vettel – BMW-Sauber 1:20.069 117
9. Vitantonio Liuzzi – Red Bull-Ferrari 1:20.191 72
10. Takuma Sato – Super Aguri-Honda 1:20.854 104
11. Marc Gene – Ferrari 1:21.015 98
12. Sebastien Bourdais – Toro Rosso-Cosworth 1:21.277 100
13. Alexander Wurz – Williams-Toyota 1:21.368 64
14. Marco Andretti – onda 1:21.888 67
15. Scotty Speed – Toro Ross-Cosworth 1:23.315 14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *