F1: Alonso faz melhor tempo da sexta-feira na Bélgica

O espanhol Fernando Alonso manteve o seu domínio na pista de Spa-Francorchamps nesta sexta-feira, ao marcar o melhor tempo do dia nos treinos livres para o GP da Bélgica. O piloto da Ferrari já havia liderado a primeira sessão, e conseguiu uma volta rápida na última hora.

Depois de uma bandeira vermelha que suspendeu a sessão durante 13 minutos no final do treino, Alonso aproveitou os três minutos que ainda restavam para fazer 1:49.032. Felipe Massa foi o melhor brasileiro, com o tempo de 1:49.588, na quinta colocação. Rubens Barrichello foi o nono mais rápido, com 1:50.128.

A surpresa foi o alemão Adrian Sutil, da Force India, que terminou em segundo lugar. Por muito pouco ele não foi o mais rápido do dia, já que, até minuto 87 da segunda sessão, ele tinha o melhor tempo.

Em terceiro lugar ficou Lewis Hamilton, da McLaren, comprovando que a potência dos motores Mercedes e Ferrari devem levar vantagem sobre a qualidade aerodinâmica da Red Bull no traçado veloz de Spa. Vettel foi apenas o sexto, e Webber ficou em 18º após ter problemas no motor.

Depois de uma sessão muito prejudicada pela chuva, a pista em Spa-Francorchamps continuou molhada no segundo treino, mas as condições foram melhorando aos poucos, e todos os pilotos reduziram seus tempos em relação às primeiras voltas do dia.

Massa e Kubica começaram andando na marca de 2:04s, mas Alonso, logo na quarta volta, superou o seu tempo da sessão anterior e assumiu a ponta com mais de três segundos de vantagem. O espanhol foi um dos únicos a se arriscar com pneus intermediários na pista molhada e continuou melhorando.

Aos poucos, o restante do pelotão foi migrando para os pneus intermediários, a exemplo de Hamilton, que superou o tempo de Alonso em sua terceira volta. Liuzzi também usou compostos menos aderentes e se deu mal, causando a primeira bandeira amarela da sessão. Logo depois da rodada do italiano, Timo Glock bateu mais forte na curva 9.

Após meia hora de treino, o tempo abriu em Spa e a pista mostrava sinais de melhora. Massa aproveitou para apostar nos pneus intermediários, e acabou assumindo a liderança com uma volta na casa de 1min58s, sendo logo superado por Sutil, que ficou boa parte da sessão na liderança.

À medida que o sol brilhava, surgia a expectativa sobre quem seria mais corajoso para servir de cobaia e mudar para o slick, em uma pista que ainda tinha trechos molhados. Eis que o espanhol Jaime Alguersuari sai dos boxes com pneus lisos e não só assume a ponta, como melhora em quase três segundos o tempo do líder Sutil.

Não demorou para que todos os pilotos partissem para o pneu slick, e os tempos passaram a cair vertiginosamente. Mas os carros também passaram a rodar mais, especialmente o de Barrichello, que rodou duas vezes com os compostos menos aderentes.

E mesmo com a investida das principais equipes no slick, Sutil se manteve entre os primeiros, e usando pneus duros. Com o conjunto de slick, melhorou ainda mais. Quando a pista ficou ainda mais seca, a organização mostrou bandeira vermelha a pouco mais de dez minutos para o fim, alegando a presença de espectadores em área proibida. Depois da pausa, restaram apenas três minutos, que foram suficientes para Alonso desbancar Sutil.

Confira os tempos de hoje:

1. Alonso 1min49s032
2. Sutil 1min49s157
3. Hamilton 1min49s248   
4. Kubica 1min49s282
5. Massa 1min49s588   
6. Vettel 1min49s689
7. Button 1min49s755   
8. De la Rosa 1min50s081
9. Barrichello 1min50s128   
10. Kobayashi 1min50s200
11. Petrov 1min50s251   
12. Schumacher 1min50s341
13. Rosberg 1min50s382   
14. Alguersuari 1min50s682
15. Hulkenberg 1min50s831
16. Liuzzi 1min51s520
17. Buemi 1min51s523   
18. Webber 1min51s636
19. Kovalainen 1min53s480   
20. Trulli 1min53s639
21. Di Grassi 1min54s325   
22. Senna 1min55s751
23. Yamamoto 1min56s039
24. Glock 2min03s179

Fonte: UOL Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *