F1: Alonso poupa Nakajima e ressalta nova decepção

Assim como já havia acontecido em Barcelona, novamente Fernando Alonso decepcionou a torcida espanhola, desta vez em Valência. Depois de largar no Grande Prêmio da Europa no 12º posto, o piloto da Renault lamentou o novo abandono correndo em casa, mas preferiu poupar críticas a Kazuki Nakajima, que acertou a traseira de seu carro.

Na primeira corrida espanhola do ano, Alonso ostentou a segunda colocação no grid, contudo não resistiu a uma quebra de motor. O piloto da Renault teve um grande desempenho nos treinos livres de sexta-feira e, depois de não brilhar no sábado, completou a decepção ao ser atingido pelo japonês, logo na segunda volta.


Entretanto, o bicampeão mundial preferiu ressaltar que seu mau desempenho no treino classificatório foi decisivo para que acontecesse um acidente no início da prova, descartando atacar o representante da Williams. “Sempre há um perigo quando você larga na parte do meio do grid. Desta vez foi Nakajima que bateu em mim, e foi isso”.


Nesse contexto, Alonso ressaltou a tristeza por mais uma vez não pontuar mesmo correndo diante de seus torcedores. “Duas corridas na Espanha e dois abandonos. É muita má sorte, ainda que agora não tenha sido por causa de um problema mecânico. Vamos esperar que tanhamos mais sorte em Spa”, concluiu, já pensando no GP da Bélgica, marcado para 7 de setembro.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *