F1: Alonso se revolta contra mudança nas regras da Fórmula 1

O espanhol Fernando Alonso aumentou a polêmica sobre a nova regra da Fórmula 1 que dá o título da temporada ao piloto com maior número de vitórias. O piloto da Renault fez diversas críticas à Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

“Não entendo a necessidade de se mudar as regras deste esporte constantemente. Creio que este tipo de decisão só pode confundir os fãs da Fórmula 1”, disse Alonso.

O espanhol criticou o fato de a FIA ter ignorado a sugestão das equipes de mudar apenas a pontuação, dando 12, 9, 7, 5, 4, 3, 2 a 1 para os oito mais bem colocados de cada corrida.

“A Fórmula 1 continua com sucesso há mais de 50 anos graças as equipes, os patrocinadores, os pilotos e, principalmente, graças aos aficcionados de todo mundo. Nenhum deles pode expôr seu ponto de vista diante da FIA”.

Alonso também criticou os cortes que serão impostos a partir de 2010, com um teto orçamentário de 30 milhões de libras por temporada (cerca de R$ 95 milhões).

“Não me preocupam tanto as decisões que afetam a temporada 2009. Principalmente, me aflige aquelas que afetam o futuro nos próximos anos. Espero que essas medidas sejam reconsideradas a curto prazo”.

As críticas de Alonso são corroboradas por outros pilotos, como Jenson Button, da surpreendente Brawn GP. “Depois das nove primeiras corridas um piloto já pode ganhar o Mundial, mesmo que o segundo esteja apenas 18 pontos atrás”.
 
Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *