F1: Schumacher se ‘assusta’ com novas regras da Fórmula 1

Dono de sete títulos mundiais na Fórmula 1, Michael Schumacher foi mais um a criticar o novo regulamento para a definição do campeão mundial e disse que ficou “assustado” com a mudança.

A partir da temporada deste ano, ficará com o título o piloto que mais vencer corridas durante o Mundial, independentemente da pontuação.

“Isso para mim é assombroso. As alterações foram aprovadas em cima da temporada. Em todos esses anos, eles disseram que não era possível uma mudança deste tipo em um curto prazo para o início da temporada”, disse o alemão.

“Eu não consigo imaginar essas mudanças ajudando a Fórmula 1, especialmente a mudança do sistema que decide o campeão. Não há lógica um campeão com menos pontos do que o segundo colocado, apesar de ser uma boa tentativa para aumentar a luta pelas vitórias”, completou o heptacampeão mundial.

Schumacher não teria sido afetado caso a nova regra sempre tivesse valido na Fórmula 1. Ele teria mantido seus sete títulos mundiais, já que venceu a maioria das provas em todas as ocasiões.

Compatriota de Schumacher, Nick Heidfeld, da BMW, também criticou a mudança no regulamento. “É questão de gosto, mas não me agrada. Prefiro o velho e bom sistema, é mais fácil de ser compreendido. A mudança foi uma bobagem, as bases deveriam ser as mesmas para todos”, disse à uma agência de notícias alemã.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *