F1: Andy Soucek diz ser candidato a companheiro de Bruno Senna

Um dos objetivos da Campos Meta para estrear na Fórmula 1 era contratar um piloto espanhol. Isso não foi possível com Pedro de la Rosa, que rumou para a Sauber, mas pode acabar se concretizando com Andy Soucek. Atual campeão da Fórmula 2, o piloto disse ser candidato a companheiro de equipe de Bruno Senna.

Aos 24 anos de idade, Soucek deixou para trás duas temporadas modestas na GP2 para brilhar na Fórmula 2 em 2009. O título lhe rendeu um treino em dezembro passado pela Williams, da qual pode ser testador oficial neste ano. A grande meta do jovem, no entanto, é mesmo assegurar um cockpit.

“As negociações com a Campos estão em stand by”, disse o espanhol ao jornal Sport. “Completei os passos necessários para chegar à Fórmula 1. Creio que conto com o apoio necessário de empresas espanholas. Agora espero a ligação de Adrián Campos”, emendou.

Exatamente esse patrocínio será vital para que Soucek realmente estreie na elite do automobilismo mundial. Nesta quarta-feira, o time em questão admitiu ter problemas financeiros e por isso deve perder todos os treinos coletivos da Fórmula 1 em fevereiro. Para contornar essa situação, os dirigentes estudam ainda contratar pilotos de países emergentes como o venezuelano Pastor Maldonado e o russo Vitaly Petrov.

“Os torcedores não se sentiriam igualmente identificados com uma escuderia espanhola sem um piloto espanhol”, continuou o piloto, contando com a nacionalidade para cumprir um sonho. Adrian disse que esperará no máximo até “esta semana”, mesmo porque negocia ainda com os norte-americanos da USF1.

Fonte: Gazeta Esportiva 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *