F1: Apesar das críticas, Hembery confia em permanência da Pirelli na F1

Muito criticada por causa dos atuais pneus que estão sendo utilizados na Fórmula 1 atualmente, a Pirelli tem encontrado diversos problemas nesta temporada. Mesmo que já tenha sido cogitada uma possível saída da categoria e a chegada de uma nova fornecedora, Paul Hembery, chefe da fabricante, já fez questão de confirmar a permanência da empresa italiana na competição.

 


 


“Uma reação fácil seria dizer ‘ isso é loucura’, vamos embora. Mas somos uma companhia que gosta de prover soluções, e gostaríamos de usar esta oportunidade para continuar em frente e fazer mudanças para um esporte melhor. Estamos tentando olhar para as coisas positivamente. Queremos continuar no esporte, gostamos muito de estar aqui e acho que isso mostra a força da companhia, apesar do comentário atual. Sabemos que somos melhores do que isso e precisamos ir em frente”, analisou o dirigente.


Após oito corridas realizadas, os pneus têm sofrido diversas críticas. Entre os principais problemas apontados está o rápido desgaste, que obriga os pilotos a fazerem mais pit-stops do que o normal. Uma das equipes que mais reclamam sobre isso é a Red Bull, que mesmo após a vitória de Sebastian Vettel no último GP criticou o baixo desempenho do equipamento.


Após tantas reclamações, a Pirelli confirmou que irá fabricar novos compostos ainda para esta temporada. No entanto, outras equipes que conseguem se adaptar melhor com os atuais desaprovaram a medida.


Voltando a comentar a permanência na F1, Hembery espera apresentar evoluções significativas para acabar com as críticas. “A temporada é muito grande, e espero que este período não reflita na temporada inteira e possamos voltar a nos concentrar. Muitas coisas que estão sendo faladas não são muito corretas”, concluiu o chefe da empresa.



Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *