F1: Após passar no vermelho, Barrichello pede sinal maior

Desclassificado do GP da Austrália por ter desrespeitado uma luz vermelha, Rubens Barrichello pediu a troca do sistema de sinalização para outro mais eficiente. Por este deslize, o piloto brasileiro perdeu a chance de quebrar um jejum de um ano sem conquistar pontos na Fórmula 1.

“Não vi a luz vermelha e nunca verei. Ela está nos lugares errados e na hora em que você a vê, já é tarde. Por causa do novo regulamento, há diferentes funções que devem ser mudadas ao longo dos boxes e ainda faço isso quando estou sob as luzes”, afirmou Rubinho.


Perguntado se sentiu ou não que o posicionamento de um funcionário com uma bandeira na saída dos boxes ajudaria, Barrichello disse: “Era o mínimo. Ou um grande painel, como aquele que tem na curva 3 para mostrar as bandeiras amarelas. É preciso haver coisas grandes iguais àquelas”.


“Este problema aconteceu com Montoya, Massa e Kubica no passado. Ninguém as vê a menos que alguém do time esteja preparado para dizer se há ou não uma luz vermelha. É inoportuno”, lamentou Barrichello.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *