F1: Após quebra, Massa diz que Fórmula 1 é cruel

O brasileiro Felipe Massa teve uma péssima supresa a três voltas do final do GP da Hungria deste domingo ao ver o motor de sua Ferrari quebrar. Apesar de abalado por ter perdido a vitória que parecia certa e a possibilidade de liderar o Mundial, o piloto mostrou resignação com a quebra, um fato que é inerente a esse esporte.

“Estou muito frustado no momento, porque hoje tivemos um grande carro e fizemos tudo perfeitamente até que restavam poucos quilômetros para a chegada. Infelizmente, a Fórmula 1 pode ser um esporte cruel”.


“(A quebra) Aconteceu completamente sem aviso, sem dar a menor indicação. Eu estava controlando a corrida, porque eu tinha uma boa vantagem para o segundo colocado depois que o Hamilton se atrasou com um problema. Não estava assumindo nenhum risco”, explicou.


Apesar do enorme prejuízo deste domingo, (além de não marcar pontos, viu seus rivais aumentarem a vantagem no Mundial de Pilotos), Massa mostrou estar animado para conseguir recuperar o tempo perdido nas próximas etapas.


“Ainda há sete corridas para o final e 70 pontos em jogo, o que significa que há tempo suficiente para nos recuperarmos. Nossos rivais são fortes, mas mostramos que estamos no mesmo nível”, finalizou.


A próxima etapa da Fórmula 1 será realizada no dia 24 de agosto no novo circuito de rua de Valência, na Espanha, em prova batizada de GP da Europa.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *