F1: Após trapalhada, Ferrari acredita em virada

Felipe Massa largou na pole e, depois de ter um problema nos boxes, chegou na 13ª colocação no Grande Prêmio de Cingapura, no último domingo. Stefano Domenicali, diretor esportivo da Ferrari, ainda acredita na virada após a trapalhada da equipe.

“Foi um domingo para esquecer, mas que deve servir para olhar para frente sabendo o que temos à disposição, temos uma máquina competitiva e três corridas onde podemos demonstrar que temos a possibilidade de conseguir aquilo que queremos”, afirmou.


Felipe Massa foi vítima de um erro da equipe nos boxes. A luz verde que indica que o piloto pode voltar à pista se acendeu no momento errado e o brasileiro acelerou quando a mangueira de reabastecimento ainda estava conectada ao seu carro.


Apesar de procurar um ângulo positivo, Domenicali não deixou de lamentar o resultado. “Foi um dia ruim sob todos os pontos de vista. O carro era competitivo, como vimos na primeira parte da corrida, onde teve um desempenho perfeito”.


Depois do problema com o aparelho eletrônico que libera o piloto para voltar à pista, a Ferrari retomou o tradicional pirulito na parada seguinte. No entanto, o diretor esportivo da equipe não confirmou à volta do expediente.


“Vamos analisar o que fizemos no outro pitstop… porque foi um momento muito tenso. Mais uma vez, um homem caiu no chão. Ele está bem, sem problema, mas foi um momento muito tenso”, afirmou Domenicali sobre o incidente nos boxes.


Enquanto Massa chegou em 13º, Lewis Hamilton, principal concorrente na briga pelo título, terminou na terceira colocação. Desta forma, o piloto britânico da McLaren abriu sete pontos de vantagem sobre o brasileiro na liderança do Mundial.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *