F1: Arrivabene apoia Raikkonen e posterga definição sobre futuro

Os boatos sobre a possível saída do finlandês Kimi Raikkonen da equipe Ferrari de Fórmula 1 irritaram o chefe da escuderia italiana, Maurizio Arrivabene. O dirigente demonstrou apoio ao campeão do Mundial de 2007 e afirmou que uma decisão sobre o futuro do piloto será tomada mais próximo ao fim da temporada.

Raikkonen tem contrato com a Ferrari até o fim de 2015, mas a falta de resultados faz com que sua saída seja especulada da equipe italiana, que neste ano assinou contrato com o tetracampeão Sebastian Vettel. O alemão é o terceiro colocado do Mundial com 135 pontos. O finlandês é o quinto, com 76.

“Na hora certa nós falaremos a Kimi o que vamos fazer. É isso. Mas pense em Kimi por um segundo. Todo mundo fala sobre isso desde o GP do Bahrein e aí você precisa entrar no carro e dirigir a mais de 300km/h. Você está de bom humor? Não. Por isso quero que ele fique calmo e faça seu trabalho”, explicou Arrivabene.

De acordo com o dirigente da equipe, a permanência de Raikkonen da Ferrari está nas mãos do próprio piloto. Segundo a imprensa europeia, o também finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa na Williams, seria o substituto mais provável do campeão de 2007 na escuderia italiana.

“Como disse da última vez, e sempre disse, o futuro de Kimi está nas mãos dele. Ele sabe o que precisa fazer, que o futuro está em suas mãos. Não quero mais falar sobre ele porque ainda temos dez corridas pela frente. Quero me livrar de tudo isso”, concluiu Arrivabene.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *