F1: Assessor desmente acordo entre Bruno Senna e ex-Honda

Embora tenha ‘garantido’ sua entrada na Fórmula 1 em uma entrevista à Autosprint, Bruno Senna ainda está longe de ter resolvido seu futuro nas pistas. Segundo informações da assessoria do brasileiro, as declarações do piloto à revista italiana foram colocadas fora de contexto, pois tratavam sempre de hipóteses e não traziam confirmações.

Em contato telefônico com a reportagem da GazetaEsportiva.Net, o assessor de Bruno Senna, Márcio Fonseca, confirmou a conversa entre o piloto e a Autosprint. Contudo, quando o sobrinho de Ayrton dizia ao jornalista italiano Cesare Manucci que seria bom “estrear em uma equipe sem pressão”, trabalhava apenas com a possibilidade de a antiga Honda ser mesmo comprada.

Ainda de acordo com o que apurou a GE.Net, o atual vice-campeão da GP2 parte realmente para a Inglaterra na noite desta segunda-feira, como havia adiantado à publicação europeia, porém apenas para continuar as conversar com Ross Brawn e Nick Fry, que pretendem garantir a continuidade da equipe sediada em Brackley dentro de dez dias.

Ao contrário do que fora veiculado anteriormente, Bruno não chegou a assinar um contrato de três anos com o time inglês, mesmo porque está no Brasil desde o Natal. Ainda que as conversas no intuito de ingressar na Fórmula 1 estejam para ser retomadas, ele não tem garantias pois não sabe o que o comprador da Honda opinará quanto aos seus futuros pilotos – na verdade, Brawn e Fry ainda correm contra o tempo e têm dúvidas se conseguirão alinhar dois carros no grid do Grande Prêmio da Austrália.

“Torcendo para que tudo dê certo”, Fonseca ainda brincou dizendo que a repercussão da entrevista concedida à Autosprint até fez seu cliente passar por ‘mentiroso’ frente a seus amigos – enquanto assegurava às pessoas mais próximas que ainda não estava perto de acertar com alguma escuderia, ele viu surgir de repente a informação de que já teria até um vínculo fechado com os ingleses.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *