F1: Atualização do calendário 2015 de Fórmula 1 elimina GP da Coreia do Sul

Depois de divulgar um calendário com 21 corridas para a temporada 2015 da Fórmula 1 no início deste mês, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou uma atualização na agenda: o retorno do Grande Prêmio da Coreia do Sul não acontecerá e a competição seguirá tendo 20 etapas.

A eliminação do circuito de Yeongam, na Coreia do Sul, não foi uma grande surpresa: a prova estava sinalizada com um asterisco de “sujeita à confirmação” e aparecia como provisória na lista do início de dezembro. O país recebeu uma prova da F-1 entre 2010 e 2013, e depois da ausência em 2014, o retorno foi adiado para o próximo ano.

Nenhuma prova está agendada para a data. A corrida asiática seria a quinta do ano, entre o GP do Bahrein (19 de abril) e o GP da Espanha (10 de maio). De acordo com a imprensa europeia, a data não está totalmente descartada, pois a lista emitida pela FIA ainda fala em 21 etapas para 2015, embora mostre 20.

A breve presença do GP da Coreia do Sul no calendário pode ter sido uma manobra para aumentar o número de motores utilizados em 2015, pois de acordo com o artigo 28.4 do Regulamento Esportivo da F1, os pilotos estão limitados a quatro unidades para a temporada, mas o número será aumentado para cinco se o número de eventos do campeonato, como previsto originalmente, for superior a 20, assim como ocorreu em 2014.

De qualquer modo, o calendário atual apresenta 20 etapas. A abertura será no dia 15 de março, em Melbourne, na Austrália. O GP do Brasil é o penúltimo e está marcado para 15 de novembro, em Interlagos, enquanto a decisão – dessa vez sem pontos dobrados – será disputada novamente em Abu Dhabi, no dia 29 de novembro. Na nova lista, nenhuma prova veio sinalizada com asteriscos.

Confira abaixo o calendário atualizado da Fórmula 1:

1ª etapa: GP da Austrália (Melbourne), em 15 de março
2ª etapa: GP da Malásia (Sepang), em 29 de março
3ª etapa: GP da China (Xangai), em 12 de abril
4ª etapa: GP do Bahrein (Sakhir), em 19 de abril
5ª etapa: GP da Espanha (Barcelona), em 10 de maio
6ª etapa: GP de Mônaco (Montecarlo), em 24 de maio
7ª etapa: GP do Canadá (Montreal), em 7 de junho
8ª etapa: GP da Áustria (Spielberg), em 21 de junho
9ª etapa: GP da Inglaterra (Silverstone), em 5 de julho
10ª etapa: GP da Alemanha (Nurburgring), em 19 de julho
11ª etapa: GP da Hungria (Budapeste), em 26 de julho
12ª etapa: GP da Bélgica (Spa-Francorchamps), em 23 de agosto
13ª etapa: GP da Itália (Monza), em 6 de setembro
14ª etapa: GP de Cingapura, em 20 de setembro
15ª etapa: GP do Japão (Suzuka), em 27 de setembro
16ª etapa: GP da Rússia (Sochi), em 11 de outubro
17ª etapa: GP dos Estados Unidos (Austin), em 25 de outubro
18ª etapa: GP do México (Hermanos Rodríguez), em 1º de novembro
19ª etapa: GP do Brasil (Interlagos), em 15 de novembro
20ª etapa: GP de Abu Dabi (Yas Marina), em 29 de novembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *