F1: Barrichello diz que ainda confia em seu carro

Apesar dos problemas que vem enfrentando com o carro da Honda, Rubens Barrichello, da Honda, afirma que ainda confia na melhora. Tanto o brasileiro quanto seu companheiro de equipe Jenson Button tiveram problemas com o RA107 no GP da Austrália, ficando muito tempo atrás da Super Aguri.

Rubinho ainda enfrentou novo problema nesta quarta-feira, quando o motor de seu carro quebrou com apenas 30 minutos de treino em Sepang, na Malásia.

“Obviamente não é um Stewart de 1998, que foi o pior carro que pilotei em minha vida e podia notar isso desde o princípio. O Honda não é tão ruim”, explica.

Barrichello apontou as falhas do RA107, mas descartou a necessidade de desenhar um novo carro.

“O carro perde aderência na parte traseira nas curvas, mas será competitivo, pois temos melhorado sua tração e aerodinâmica. A equipe tem tudo para resolver os problemas e até construir um carro novo se isso for necessário. Porém, não acredito que está seja a nossa situação”
, diz Rubinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *