F1: Barrichello diz que ainda espera pela Honda

Rubens Barrichello rompeu o silêncio sobre seu futuro na principal categoria do automobilismo. Em entrevista ao jornal norte-americano Monterey Herald, o piloto brasileiro disse que ainda espera por uma posição da Honda, que anunciou o final de suas atividades na Fórmula 1.

“A Honda espera ser vendida. Aguardar por notícias da equipe é muito duro”, afirmou Rubens Barrichello à publicação dos Estados Unidos. Piloto recordista em número de Grandes Prêmios disputados na Fórmula 1 (268), ele fez a curta declaração durante a disputa de um torneio de golfe.

Ao longo da última temporada, Rubens Barrichello manifestou abertamente seu desejo de seguir na categoria. No entanto, ele não teve seu contrato renovado pela Honda no final do ano. Os brasileiros Bruno Senna e Lucas Di Grassi chegaram a fazer testes na equipe e viraram concorrentes do veterano, mas o time anunciou sua saída da Fórmula 1.

O favorito para ficar com a vaga e correr ao lado do britânico Jenson Button em 2009 é o sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna. Alguns veículos de imprensa chegaram a noticiar o acerto de Bruno Senna com o espólio da Honda, mas assessoria do piloto negou. Ele viajou à Inglaterra na última segunda-feira para tratar do assunto.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *