F1: Barrichello mantém vice-liderança após GP da Espanha

Rubens Barrichello ganhou duas posições na largada e assumiu a liderança do GP da Espanha de F1 logo na primeira curva, mas perdeu a posição para o companheiro na Brawn GP, Jenson Button, que fez uma parada nos boxes a menos, e cruzou na linha de chegada na segunda colocação na corrida deste domingo (10).

O brasileiro disse que “fez tudo que poderia fazer” na segunda dobradinha da equipe na temporada. Mark Webber, da Red Bull, completou o pódio.

“Fiz uma boa largada, consegui fazer tudo que a gente tinha combinado antes e infelizmente a estratégia não funcionou. Fiquei surpreso quando soube que eles haviam mudado a estratégia do Jenson para duas paradas. Mas agora tenho de continuar lutando”, contou Barrichello.

Já o vencedor da prova na Catalunha falou sobre a mudança dos pit-stops. “A nossa estratégia era a mesma. Rubens e eu iríamos parar três vezes, mas a equipe decidiu mudar as minhas paradas. Achávamos que três pit-stops seriam o melhor caminho, então não tive tanta confiança assim na mudança feita pelo time. E devo dizer que hoje foi difícil bater Rubens”, disse o inglês.

No campeonato, após cinco etapas, Barrichello manteve a vice-liderança na classificação geral somando 27 pontos, 14 a menos de Button. A próxima etapa da Fórmula 1 será o GP de Mônaco, nas ruas do principado, no dia 24 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *