F1: Barrichello: ‘Não estou preparado para deixar a Fórmula 1’

Brasileiro também rechaça uma possível contratação pelo time de Raikkonen, que visitou recentemente a fábrica de Didcot

Rubens Barrichello segue em compasso de espera em relação ao seu futuro na Fórmula 1. As negociações com a Williams continuam empacadas e o recordista de provas na História da categoria admitiu a jornalistas brasileiros em Suzuka que não se acostumou com a possível ideia de se aposentar mesmo depois de mais de 300 corridas.

– Não estou preparado para deixar a F-1 de jeito nenhum, mas você tem de estar preparado para qualquer condição que apareça na nossa vida. É como em uma largada de F-1: se você projetar para o lado direito e alguém tapar seu caminho, você precisa estar programado para seguir à esquerda, tem de deixar um caminho amplo na cabeça para você ter de desviar caso aconteça algo. Não estou preparado para parar, mas toda situação pode acontecer – disse o piloto da Williams.

A jornalistas ingleses em outra entrevista, Barrichello rechaçou a possível contratação pelo time de Kimi Raikkonen, que recentemente visitou a fábrica de Didcot.

– Não acredito que ninguém mais, inclusive Kimi, pode oferecer mais do que eu. Eles já sabem o que posso oferecer. Pilotos jovens podem ter mais dinheiro, mas também podem fazer coisas ruins na primeira volta e toda a grana vai embora em batidas. No fim, a Williams sabe quanto entusiasmo ainda tenho por isso mesmo sem termos um carro competitivo – garantiu.

Barrichello disse ainda que não foi chamado pelo time para levar dinheiro e confirmou que negocia com outras escuderias:

– Se o time me disser que isso (dinheiro) é uma exigência, daí vou trabalhar nisso. Mas não fui informado pelo time que isso é necessário. Adoraria pilotar um carro veloz e há times que terão isso no ano que vem.

Fonte: LANCENET!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *