F1: Bruno Senna culpa ‘agressividade’ por acidente na 1ª volta

A agressividade exagerada atrapalhou Bruno Senna no Grande Prêmio da Espanha, segundo sua própria análise. Logo após realizar uma bela largada, o brasileiro perdeu o controle do carro na curva 4, acertando levemente a barreira de pneus e abandonando a prova.

A participação de Bruno Senna na corrida durou algumas centenas de metros. Muito bem no início, o piloto saiu da 21ª para a 17ª colocação, mas cometeu um erro ainda na primeira curva. “Estava agressivo demais. Havia passado dois carros de saída e ultrapassei o Sebastien Buemi por fora na curva 3. Mas, na seguinte, freei tarde demais e fui reto”, disse.
Na próxima semana, o piloto se prepara para correr “em casa”, visto que mora em Monte Carlo desde o começo do ano. Embora conheça bem o tradicional circuito no qual já venceu pela GP2 em 2008, ele projeta dificuldades semelhantes às encontradas em Barcelona, onde teve problemas especialmente na traseira de sua Hispania.
“Infelizmente, continuamos sem saber se a questão foi resolvida”, afirmou ele, que implantou uma configuração diferente no assoalho para a corrida, mas não conseguiu testá-la visto que abandonou precocemente. “As dificuldades não diminuirão, pelo contrário. Dependendo da evolução que as equipes (maiores) levarem para lá, a diferença poderá aumentar (para as escuderias novatas). O carro que pilotarei em Mônaco é exatamente o mesmo da estreia no Bahrein”.
Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *