F1: Bruno Senna se surpreende com decisão da Honda

Cotado para assumir o lugar de Rubens Barrichello na Honda em 2009, o brasileiro Bruno Senna disse, em declarações publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta sexta-feira, que ficou surpreso com a decisão da Honda de abandonar a Fórmula 1.

O piloto, que havia feito testes com a escuderia entre os dias 17 e 19 de novembro em Barcelona, disse que não foi comunicado sobre a saída, anunciada nesta sexta-feira. O motivo alegado são os reflexos da crise financeira.

“Não fui comunicado, mas estranhei não conseguir falar com a equipe nos últimos dias”, afirmou ao O Estado de S. Paulo Bruno Senna, que agora trabalha com duas opções para correr na categoria em 2009.

“Considero a opção da Toro Rosso, agora, mais difícil, depois da saída do Gerhard Berger. Diante do que ocorreu com a Honda, vou acionar o plano B”, disse. O plano B seria, de acordo com o jornal, a Force India.

“Negocio com quem ainda é possível na Fórmula 1. Torço para que as negociações evoluam”, concluiu o sobrinho do tricampeão Ayrton Senna, que na última temporada foi vice-campeão da Formula GP2.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *