F1: Bruno Senna sobre batida em Silverstone. “Virei passageiro”

Williams corre para recuperar carro acidentado para as tomadas classificatórias

Foi até com certo bom-humor, para quem acabara de protagonizar uma forte batida no segundo treino livre do GP da Inglaterra, que Bruno Senna analisou a escapada no asfalto encharcado de Silverstone nesta sexta-feira. “Era a segunda vez que eu entrava na pista e peguei um trecho com água demais perto da curva Becketts. A partir daí, virei passageiro até acertar a parede”, explicou o piloto, que conseguiu deixar o cockpit sozinho mas acabou provocando a paralisação dos ensaios por 10 minutos.

No geral, Bruno terminou com a 17ª posição, evidentemente decepcionado com o desfecho das primeiras atividades no circuito inglês. “Não posso dizer que tenha sido um dia produtivo. Havia muitas poças por toda parte. Costumo me dar bem no molhado, mas quando a pista está nestas condições que vimos aqui você acaba perdendo o controle do carro até na reta e não há muito o que fazer”, disse.

Os danos no Williams FW34-Renault foram severos, mas Bruno acredita na capacidade da equipe de recolocá-lo em perfeita forma para os últimos ensaios livres e as tomadas classificatórias do sábado. “Tenho certeza que os mecânicos farão um grande trabalho”, afirmou. E tratou de tranquilizar a todos ao chegar de volta aos boxes. “Foi mesmo um acidente daqueles, mas estou bem.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *