F1: Pilotos lamentam acidente com Villota e pedem esclarecimentos à FIA

Diversos companheiros de profissão de Maria de Villota manifestaram solidariedade com a piloto espanhola, que sofreu um grave acidente no início desta semana durante testes da equipe Marussia no aeroporto de Duxford. A piloto perdeu o controle do carro e bateu, à cerca de 60 km/h, em uma caminhão estacionado no local, e sofreu diversos traumatismos no rosto que ocasionaram a perda da vista direita.

Presidente da associação de pilotos da F-1, Pedro de La Rosa garantiu que cobrará da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) que o acidente de sua compatriota seja investigado a fundo, para que possíveis erros que possam ter ocasionado a fatalidade não sejam repetidos no futuro.

“Vamos colocar os fatos na mesa e verificar se existe alguma coisa que precisamos mudar. Quando um acidente acontece, significa que algo não funcionou corretamente. Nós, da GPDA, FIA e equipes, precisamos garantir as mudanças para o futuro, porque desta forma não está suficiente”, declarou o piloto espanhol.

Via Twitter, o bicampeão de Fórmula 1 Fernando Alonso também manifestou apoio à Villota: “Acabo de chegar a casa e inteirar-me do acidente de Maria. Ligamos para a família e esperamos saber algo mais em breve. Ânimo, campeã”, escreveu.

Companheiro de Ferrari de Alonso, o brasileiro Felipe Massa também escreveu palavras de apoio à piloto, relembrando o grave acidente em que ele mesmo se envolveu em 2009, quando foi atingido na cabeça por uma mola, que se soltou do carro do compatriota Rubens Barrichello.

“Os meus pensamentos estão com a Maria e com a sua família para que Deus a ilumine! Tenham fé e acreditem como eu acreditei! Pensamento positivo”, declarou o brasileiro na rede social.

O estado da piloto de 32 anos, que realizava o seu primeiro teste com o carro da escuderia russa, ainda é considerado grave, porém estável, depois da cirurgia de emergência que ela realizou na madrugada da última quarta-feira, que resultou na perda da sua vista direita.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *