F1: Bruno Senna vê Williams entre as mais rápidas para a corrida

Dois anos depois de andar na pista pela última vez e ausente da primeira sessão de treinos livres do GP da Malásia, na qual o seu carro foi ocupado pelo piloto de testes finlandês Valtteri Bottas, Bruno Senna disse que a análise da sexta-feira em Sepang mostra que a Williams está bem preparada para a prova deste domingo.

“Nosso ritmo de corrida está muito bom. De fato, nossa estimativa é que tenhamos o quinto carro mais rápido. Agora, precisamos melhorar o acerto para os treinos classificatórios e aumentar a velocidade”, afirmou.
Como a maioria dos colegas, Bruno sofreu com as altas temperaturas características do GP da Malásia. “O traçado aqui é muito legal, mas o calor dentro do cockpit está insuportável”, disse. Pela manhã, o piloto brasileiro permaneceu ao lado dos engenheiros da equipe inglesa ajudando os trabalhos do estreante Bottas e já iniciando o acerto do FW34-Renault para a segunda sessão.
A Williams reservou o dia de abertura das atividades de pista para os habituais testes de pneus e avaliações aerodinâmicas. Com a ajuda do tempo firme, Bruno completou 34 voltas e registrou o tempo de 1:40.678 na melhor delas, alcançando o 17º lugar no segundo treino livre. Apesar da satisfação com a consistência do carro na configuração de corrida, Bruno admitiu não ter conseguido extrair todo o potencial dos pneus de compostos médios e mais rápidos. “Meu tempo de volta não reflete o que estamos esperando para amanhã”, assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *