F1: Bruno Senna: “Volta de Schumacher será demais!”

Estreante brasileiro comemora chance de correr contra heptacampeão da Fórmula 1.

O que seria um ano mais do que especial por conta de sua estreia na Fórmula 1 ficou ainda mais empolgante para Bruno Senna com a confirmação de que Michael Schumacher suspendeu a aposentadoria e retornará em 2010 à categoria onde ganhou sete títulos. “A volta do Schumacher será demais! Sempre quis ter a oportunidade de correr contra ele. Espero que o carro da Campos seja competitivo a ponto de me dar chances nessa disputa”, comentou Bruno nesta quarta-feira em São Paulo.

Bruno não tem dúvidas de que as naturais dificuldades de readaptação poderão ser antecipadas pela inegável categoria do gênio das pistas. Mas não se atreve a fazer uma previsão a respeito das possibilidades do alemão na próxima temporada. “É difícil estimar em que nível ele estará depois destes três anos de ausência. Ele precisará readquirir o ritmo de corrida, o que talvez seja o mais importante. Além disso, temos de esperar para ver como será o desempenho do carro da Mercedes. E haverá outras variáveis, como a chegada de equipes novas cujo potencial ainda terá de ser revelado”, observou.

Os efeitos do regresso de Schumacher serão sentidos em praticamente todas as áreas da Fórmula 1, previu Bruno. “Junto com ele, retornarão os fãs que também haviam se afastado. É só lembrar a explosão da venda de ingressos para o GP de Valência quando se anunciou que ele poderia substituir Felipe Massa. O público nos autódromos aumentará e os índices globais de audiência pela televisão vão disparar. Acho que eu não poderia ter escolhido um ano melhor para estrear na Fórmula 1”, brincou.

Na avaliação de Bruno, os torcedores também serão premiados com o duelo entre três gerações de pilotos. “Será muito interessante ver como Schumacher se comportará contra os grandes nomes atuais da Fórmula 1 e até mesmo diante daqueles que estão chegando agora. Não sei o resultado de tudo isso, sei apenas que o campeonato tem tudo para ser inesquecível”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *