F1: Câmbio quebra, e Hamilton perde chance de guiar carro de Senna

Lewis Hamilton terá de esperar um pouco mais para pilotar o carro que um dia já foi de Ayrton Senna. Escalado para guiar o McLaren MP4-4 que consagrou o brasileiro na temporada 1988 da Fórmula 1, o inglês não poderá subir a bordo do veículo neste domingo, como estava programado, por causa de problemas no câmbio.

Em 3 de junho, havia sido anunciado que Hamilton homenagearia o antigo ídolo de infância no Festival da Velocidade de Goodwood, que acontece entre os dias 3 e 5 de julho. A data do encontro entre o atual campeão mundial e o antigo carro de Senna seria o próximo domingo, porém a caixa de câmbio do modelo se quebrou enquanto este estava sendo comandada por Bruno Senna neste sábado.

“Estou muito desapontado por não poder dirigir o McLaren MP4-4”, afirmou o britânico, que agora realizará uma exibição com o MP4-23, equipamento utilizado para ele rumo ao último título da Fórmula 1.

Segundo Hamilton, quem perde mais com o cancelamento do evento principal deste domingo não é nem ele, nem a equipe sediada em Woking, mas o público. “Sempre há algo especial quanto a Goodwood e mais ainda quando se trata de algum ex-carro de Senna. Então tenho certeza de que os espectadores estavam muito animados para me ver em ação”.

Para fechar, o inglês ainda comentou sobre o piloto que acabou sendo o ‘vilão’ do Festival da Velocidade de 2009, Bruno Senna. “Eu tinha muita vontade de guiar o MP4/4, mas é um veículo velho – ainda que Bruno tenha conseguido completar três voltas, a caixa de câmbio falhou já na quarta. Ao menos ele acabou apresentado ao público”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *