F1: Campos admite que Bruno Senna é favorito à vaga em 2010

Uma das três equipes novatas da Fórmula 1 a partir de 2010, a Campos pode ser a porta de entrada para que Bruno Senna cumpra seu sonho de se juntar à categoria que consagrou seu tio. Nesta quinta-feira, o chefe da escuderia europeia admitiu que o brasileiro é prioridade para o ano de estreia de seus comandados.

Ex-piloto e atualmente dono do time que leva seu sobrenome, Adrián Campos construiu uma reputação respeitável na GP2, da qual foi campeã em 2008, e agora parte para a empreitada na Fórmula 1.

Segundo afirmou à rádio Cadena SER, ele quer abrir sua participação na elite do automobilismo mundial mesclando um piloto experiente, que pode ser um entre os espanhóis Pedro de la Rosa e Marc Gene, e um jovem. Esta última vaga, assim, pode ficar com Bruno Senna, cujo nome foi elogiado pelo dirigente na entrevista.

Desde já, contudo, o brasileiro que testou para a Honda no fim do ano passado tem concorrência: o russo Vitaly Petrov, ex-piloto da Campos na GP2 e atualmente terceiro colocado da categoria de acesso, e o também espanhol Antonio García, amigo de Fernando Alonso e atualmente na Le Mans Series americana.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *