F1: Campos ainda sonha com De la Rosa ao lado de Bruno

O sonho da Campos de estrear na Fórmula 1 contando com um representante da Espanha ainda não terminou. Embora as negociações estejam complicadas, Pedro de la Rosa segue conversando com a equipe e pode ser o companheiro de Bruno Senna em 2010.

Por ser espanhol e ter 39 anos de idade, De la Rosa se encaixa perfeitamente no cenário planejado pela Campos para começar sua trajetória na categoria. Embora a crise financeira internacional tenha afastado eventuais patrocinadores do país, o veterano ainda tem chances de se juntar à equipe.

“Se Pedro pudesse escolher, garanto que estaria conosco”, afirmou o presidente da escuderia, José Ramón Carabante, à rádio Onda Cero. “Estaríamos encantados se contratássemos um espanhol. As negociações nunca se romperam”.

Otimista, Carabante chegou a dizer que assinaria com De la Rosa “até de graça”, porém a realidade não é tão simples assim. “O problema que estamos atravessando é de patrocinadores. Hoje ter pilotos que não nos apóiem economicamente nos daria uma carga adicional impossível de carregar”, ressalvou.

A partir disso, a Campos segue estudando escalar automobilistas de países emergentes ao lado de Bruno Senna: Pastor Maldonado, “apoiado pelo governo da Venezuela”, como aponta o dirigente, e Vitaly Petrov, “que tem um mercado como o da Rússia que está se abrindo às expectativas da Fórmula 1”. A decisão do imbróglio deve sair até o fim do ano.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *