F1: Campos é vendida para empresário espanhol

José Ramón Carabante tem ajuda de Bernie Ecclestone para concluir o salvamento do time.

Acabou a novela. A situação da Campos, enfim, foi resolvida, com a venda da equipe que era dirigida pelo ex-piloto Adrian Campos ao empresário espanhol José Ramón Carabante. Em comunicado, foi confirmada não só a negociação do time, como a chegada de Collin Kolles, ex-Force India, para o cargo de diretor esportivo. Bruno Senna segue como único piloto acertado.

Quem resolveu a parada, na verdade, foi o detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, que participou da operação e ajudou na aquisição da maior parte das ações da escuderia.
– Gostaria de agradecer a Ecclestone, que trabalhou imensamente para apoiar nossos esforços em manter a equipe viável. Toda a operação de resgate foi uma corrida contra o tempo, sempre com o objetivo de que a equipe tivesse dois carros competitivos no GP do Bahrein – comentou Carabante, dono da empresa Meta, que já detinha parte da escuderia.
Nos últimos meses, Adrian Campos teve dificuldades para conseguir patrocinadores e, com isso, atrasou pagamentos aos fornecedores, sobretudo a Dallara, responsável por construir o carro. Com isso, a participação da equipe passou a ser uma incerteza até que, finalmente, a operação de salvamento foi concluída por Carabante, e Ecclestone.
Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *