F1: Cético, Ecclestone evita empolgação com provas da F-1 nos EUA

O britânico Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, é cético e evita a empolgação ao falar sobre as possibilidades de sucesso da categoria nos Estados Unidos, ainda que o país receba duas etapas do principal campeonato de automobilismo a partir do ano de 2013.

“Nós temos um máximo de duas corridas nos Estados Unidos. Considerando que o país é tão grande quanto a Europa e temos várias provas na Europa, é difícil”, declarou Ecclestone em entrevista à Al Jazeera. “Se tivéssemos muito mais corridas e muito mais televisão, seria bom”, acrescentou.

Os Estados Unidos receberam a Fórmula 1 entre as temporadas de 2000 e 2007, em Indianápolis. Em 2012, um novo circuito, ainda em construção, na localidade texana de Austin abrigará uma corrida. No ano seguinte, uma prova de rua em Nova Jersey entra no calendário.

Experiente, Bernie Ecclestone mede as palavras para falar sobre as perspectivas da categoria no país. “É um pouco como no resto dos Estados Unidos: eles querem ver lucro antes de começar, e não é fácil fazer isso”, afirmou o detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *