F1: Chefão poderia romper com a FIA

Responsável pelos negócios da Fórmula 1 e um dos homens mais influentes dos paddocks, Bernie Ecclestone estaria planejando criar uma nova categoria caso o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, ratifique uma espécie de Pacto da Concórdia modificado.

Os rumores acontecem após a pôlemica com Mosley, que foi flagrado em uma orgia sadomasoquista e ainda sofre com as pressões de diversos grupos para deixar o cargo. No entanto, o dirigente conseguiu um voto de confiança na Assembléia Geral da entidade na última terça-feira.


Segundo o site da revista F1-Live, Ecclestone teria se reunido com os chefes-de-equipe em Montreal, na última sexta-feira, para discutir as modificações no tratado que regula os aspectos normativos e comerciais da categoria.


“Queremos a assinatura de Max (Mosley) em um novo documento. Ele não quer porque acredita que terá mais poder se não o fizer. Mas ele não precisa de mais poder”, disse o chefão da F-1 ao jornal The Independent, no início da semana.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *