F1: Chefe do circuito do Bahrein festeja prova e garante etapa de 2013

Após grande expectativa e ameaças de atentados, o Grande Prêmio do Bahrein foi realizado na manhã do último domingo sem maiores incidentes. Zayed Alzayani, administrador do circuito de Sakhir, festejou o evento e já falou na edição de 2013 da corrida.

“Acho que provamos ao mundo que, independente do que esteja acontecendo no cenário político, isso não tem nada a ver com a corrida. A vida segue e espero que isso seja um catalisador para o governo e a oposição resolverem as diferenças políticas que existem”, afirmou.

O Bahrein vive uma crise político-social desde 2011, o que provocou o cancelamento da etapa anterior. Na véspera da prova de 2012, entidades de direitos humanos pediram um novo cancelamento e até mesmo as equipes não estariam dispostas a viajar ao país, mas a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu manter a corrida.

“Receber uma prova não é algo novo para nós. Fizemos sete Grandes Prêmios antes deste e acho que fomos vitimizados no ano passado”, disse Alzayani. O administrador do autódromo espera que a solução dos problemas já esteja encaminhada antes da etapa de 2013.

“Eu nunca duvidei da corrida desse ano, então por que duvidaria sobre a do ano que vem? Não vejo motivos para que haja alguma desconfiança. Talvez a solução demore e seja dolorosa, mas se precisarmos sofrer para melhorar, então vai valer a pena. Temos que pensar em uma solução para a próxima geração”, declarou.

O principal incidente durante o final de semana da corrida envolveu a Force India, que teve o carro em que alguns de seus funcionários viajavam atingido por um coquetel Molotov. Além disso, integrantes da oposição anunciaram a morte de um manifestante por policiais após um protesto.

Para Alzayani, no entanto, o cancelamento da prova teria causado ainda mais problemas no país. “A tensão entre o governo e a oposição teria aumentado. Estou satisfeito pela realização da corrida e porque as ameaças de bombas e sabotagens não aconteceram”, encerrou o administrador do circuito.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *