F1: Com Di Grassi na pista, Webber faz melhor tempo na Espanha

Com a presença do brasileiro Lucas Di Grassi no volante da Virgin, os treinos da pré-temporada da Fórmula 1 prosseguiram no circuito de Jerez De La Frontera ao longo desta sexta-feira. O australiano Mark Webber, da Red Bull, dominou as atividades na Espanha.

Depois de seguidos dia de chuva, a região que abriga o circuito espanhol finalmente registrou boas condições climáticas. Com sol na maior parte das atividades, as equipes aproveitaram para trabalhar no desenvolvimento dos carros após dois dias frustrados pela chuva.
Com 1min19s299, Mark Webber estabeleceu o melhor tempo do dia e da semana. A marca também é a mais rápida desde o início das atividades em Jerez De La Frontera, já que supera o registro do britânico Lewis Hamilton, da McLaren, em cerca de dois décimos.
Apesar de terminar no topo da tabela de tempos entre os 11 pilotos que testaram, Mark Webber teve problemas durante o treinamento desta sexta-feira. O experiente australiano da Red Bull provocou a quarta bandeira vermelha do dia ao parar na pista por volta das 12h locais.
O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, cravou o segundo melhor tempo (1min20s115). A escuderia italiana soube como aproveitar as condições climáticas favoráveis para tirar o atraso dos últimos dois dias, já que o piloto europeu conseguiu completar 132 voltas sem qualquer tipo de problema.
Atual campeão mundial, o britânico Jenson Button testou pela primeira vez na semana. No volante da McLaren, ele terminou com o terceiro melhor tempo (1min20s394). Os alemães Nico Hulkenberg, da Williams, e Michael Schumacher, da Mercedes, completaram o top 5.
Para a Sauber, a sessão foi improdutiva, pois o japonês Kamui Kobayashi parou na pista com o problema no sistema de abastecimento logo na primeira parte do treino. O piloto asiático demorou cerca de cinco horas para retornar à pista e completar somente 28 voltas, o suficiente para alcançar o oitavo melhor tempo.
As atividades desta sexta-feira registraram seis bandeiras vermelhas. Além das paralisações causadas por Lucas Di Grassi (duas), Mark Webber, Kamui Kobayashi e Heikki Kovalainen, Nico Hulkenberg parou com sua Williams na pista e antecipou em cinco minutos o final do treino.
As novatas Virgin e Lotus enfrentaram alguns imprevistos e, juntas, causaram um total de três bandeiras vermelhas. O finlandês Heikki Kovalainen teve problemas na embreagem, mas conseguiu voltar à pista e terminou com o pior tempo do dia. Já Lucas Di Grassi provocou duas paralisações e ficou em penúltimo.
Confira os tempos desta sexta-feira:
1: Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min19s299 (115 voltas)
2: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min20s115 (132) 
3: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min20s394 (101) 
4: Nico Hulkenberg (ALE/Williams) – 1min21s432 (138) 
5: Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1min21s437 (79) 
6: Robert Kubica (POL/Renault) – 1min21s916 (100) 
7: Adrian Sutil (ALE/Force India) – 1min21s939 (69) 
8: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) – 1min22s228 (28) 
9: Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) – 1min22s564 (120) 
10: Lucas di Grassi (BRA/Virgin) – 1min23s504 (34) 
11: Heikki Kovalainen (FINLotus) – 1min23s521 (68)
Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *