F1: Com final emocionante, Hamilton vence em Spa

Com um final emocionante nas duas últimas voltas, o piloto britânico Lewis Hamilton, da McLaren, ultrapassou o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, e venceu o Grande Prêmio da Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps, neste domingo. O brasileiro Felipe Massa encerrou a prova em segundo, seguido pelo alemão Nick Heidfeld, da BMW.

Após ocupar a liderança praticamente por toda a corrida, Raikkonen viu a chuva apertar e Hamilton pressionar. A briga seguiu acirrada pelos metros seguintes e o inglês ultrapassou o finlandês, mas acabou rodando.


Mesmo com o erro, o líder do campeonato voltou para a pista na liderança e viu o adversário finlandês perder o controle do carro e parar no muro. Enquanto tudo isso ocorria, Massa, longe da briga pela ponta, manteve a posição, levando os oito pontos para casa.


Com a vitória na Bélgica, Hamilton alcança os 80 pontos e Massa segue na segunda posição, agora com 72. Já Kimi Raikkonen, sem pontuar, permanece com 57 pontos ganhos e vê Robert Kubica, da BMW, tomar a terceira posição na classificação geral, com 58.


Os outros brasileiros da Fórmula 1, Rubens Barrichello, da Honda, e Nelsinho Piquet, da Renault, não conseguiram completar a prova. O veterano teve um problema no câmbio e abandonou. Já Nelsinho, com a pista úmida, rodou logo na 13ª volta e foi de encontro aos pneus.


A surpresa ficou para o espanhol Fernando Alonso, da Renault. Após largar na sexta colocação, o bicampeão do mundo conseguiu terminar a prova em quarto lugar e levar cinco pontos para casa.


Confira a classificação do GP da Bélgica:
1. Lewis Hamilton – McLaren
2. Felipe Massa – Ferrari – a 14s461
3. Nick Heidfeld – Sauber – a 23s844
4. Fernando Alonso – Renault – a 28s939
5. Sebastian Vettel – Toro Rosso – a 29s037
6. Robert Kubica – BMW – a 29s498
7. Sébastien Bourdais – Toro Rosso – a 31s196
8. Timo Glock – Toyota – a 56s506
9. Mark Webber – Red Bull) – a 57s237
10. Heikki Kovalainen – McLaren – a uma volta
11. David Coulthard – Red Bull) – a uma volta
12. Nico Rosberg – Williams – a uma volta
13. Adrian Sutil – Force India – a uma volta
14. Kazuki Nakajima – Williams – a uma volta
15. Jenson Button – Honda – a uma volta
16. Jarno Trulli – Toyota – a uma volta
17. Giancarlo Fisichella – Force India – a uma volta
18. Kimi Raikkonen – Ferrari – a duas voltas
19. Rubens Barrichello – Honda – a 25 voltas
20. Nelsinho Piquet – Renault – a 31 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *