F1: Com futuro incerto, Massa descarta correr em equipes menores

Ainda com futuro incerto para o próximo ano, Felipe Massa afirmou que continuará na Fórmula 1 apenas se defender uma equipe de alto nível. Com contrato com a Ferrari até o final desta temporada, o brasileiro destacou que pretende continuar pilotando na principal categoria do automobilismo mundial, mas que não gostaria de entrar em uma corrida ser ter chances de competir em bom nível.

“O que eu quero é ficar na Fórmula 1, mas quero ficar na categoria com a possibilidade de correr, e não apenas para participar. Estou interessado em corridas. Se por alguma razão eu achar que não tenho chance de ficar na Ferrari, tentarei encontrar outra direção para correr”, disse. “Se eu não achar uma direção para correr, porque talvez apenas os times pequenos tenham lugares disponíveis, então eu não estou interessado”, completou.

Competindo pela escuderia italiana desde 2006, Massa alcançou seu auge em 2008, quando foi vice-campeão mundial. Nesta temporada, o brasileiro somou apenas 23 pontos em dez corridas, enquanto seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, lidera a classificação entre os pilotos, com 154 pontos.

Apesar da grande distância em relação ao espanhol no Mundial, o paulista acredita que pode ajudar seu companheiro na busca pelo título desta temporada. Após chegar na 12ª colocação no Grande Prêmio da Alemanha, no último domingo, Massa afirmou que ter uma corrida sem nenhum tipo de problema seria fundamental em seu desempenho.

“Tenho certeza de que uma corrida limpa ajudaria muito, e não apenas ele (Alonso), mas também eu e a equipe. Essa é a única coisa. Na última corrida, eu tinha um bom ritmo”, analisou. “Infelizmente, no Q2, eu não poderia fazer a volta de imediato e depois não consegui melhorar, pois estava chovendo muito. No entanto, mesmo após o acidente, o ritmo era muito bom durante toda a corrida. Uma etapa limpa é o que conta no final”, explicou o brasileiro sobre o final de semana em Hockenheimring.

Por último, Felipe Massa reconheceu que não tem nenhuma chance de conquistar o título do Mundial desta temporada. Ocupando apenas a 14ª colocação na classificação geral, o brasileiro ressaltou que tentará conquistar boas posições para ajudar o bicampeão Fernando Alonso.

“Eu não tenho nenhuma chance no campeonato. Estou completamente fora da luta pelo título e Fernando está na frente com uma boa margem. Há muitas corridas pela frente, mas a distância é grande e tentarei fazer o que posso para andar na frente e vencer o tempo todo, mas também tentarei ajudar Fernando da melhor forma que puder para ele vencer o Mundial”, encerrou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *