F1: Com futuro indefinido, Barrichello cobra Honda

O sonho de consumo da Honda para a próxima temporada já se tornou público e atende pelo nome do Fernando Alonso, em uma situação que não agrada em nada a Rubens Barrichello. Uma vez mais, o brasileiro expressou sua insatisfação com a demora da escuderia japonesa em definir se a atual dupla de pilotos permanecerá em 2009 e cobrou publicamente a equipe.

Nesta quinta-feira, Barrichello arranjou um espaço na conversa com os jornalistas cujo tema era o Grande Prêmio de Cingapura para novamente criticar a Honda. Segundo o experiente piloto, a insistência em contratar Alonso não passa de um sonho, sendo que isso acaba prejudicando o planejamento do ano que vem.


“Sinceramente não acredito que o Alonso seja contratado e não sei o que está acontecendo com a Honda, pois não consigo entender o motivo de tanta demora”, declarou o brasileiro, que tentou ressaltar as suas qualidades no intuito de garantir a continuidade na equipe.


“Já deixei bem claro que não dá para encontrar um piloto experiente e que tenha um espírito jovem e tanta vontade de correr como eu”, completou Barrichello.


Na seqüência, comentando o fato inédito que será correr à noite nas ruas de Cingapura, Barrichello reforçou o coro dos pilotos que têm receio das condições do circuito em caso de chuva, que pinta com boas chances de aparecer no próximo domingo, no momento da corrida.


“Se chover, a visibilidade ficará muito complicada. Nós vemos que, quando chove em jogos de futebol noturnos, há uma dificuldades com as gotas caindo pelo holofote”, finalizou o brasileiro.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *