F1: Com tranquilidade, Alonso vence na Inglaterra

O espanhol Fernando Alonso, da Renault, venceu neste domingo (11/06), o GP da Inglaterra, em Silverstone. A corrida não teve nenhum momento de grande emoçao, com Alonso vencendo com muita facilidade. O alemão Michael Schumacher, da Ferrari, foi o 2º com o finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, fechando os três primeiros.

Na largada um acidente fez o Safety-Car entrar na pista. O norte-americano Scott Speed, da Toro Rosso, foi para cima da Toyota de Ralf Schumacher. O alemão trouxe o caro para dentro da pista, sendo acertado pela Williams do australiano Mark Weeber. Speed foi para os boxes abandonado e os outros dois ficaram fora da pista.

A relargada aconteceu na 3º volta. Alonso manteve a ponta seguido por Raikkonen e Michael Schumacher. Depois da ultrapassagem do colombiano Juan Pablo Montoya, da McLaren, sobre o brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, na 4º volta, a corrida praticamente virou uma longa procissão.

O único abandono depois do triplo da largada foi do inglês Jenson Button, da Honda. Correndo em casa ele teve um péssimo final de semana, culminando com o estouro do motor o que fez o óleo vazar e cair sobre as rodas do carro. Button escorregou parando na caixa de brita.

Antes do primeiro pit stop Alonso não conseguiu abrir mais do que dois segundos de vantagem sobre Raikkonen. Na 17ºvolta começaram as paradas. Alonso foi o último dos líderes a parar na 22º volta, voltando tranqüilo á ponta. E foi abrindo vantagem sobre Raikkonen e Schumacher, que lutavam pelo 2º lugar. Barrichello caiu para 10º depois da sua parada para troca de pneus e reabastecimento. Felipe Massa, da Ferrari, vinha em 5º.

Na metade das 60 voltas Alonso já tinha 12 segundos de vantagem. A 2º parada nos pits começou na 40º volta. Schumacher parou antes de Raikkonen e depois da parada do “Ice Man”, o pentacampeão ganhou a 2º posição.

Alonso venceu com 13s9 de vantagem sobre Schumacher. Massa foi 5º e Barrichello 10º.

Alonso lidera o campeonato com 74 pontos. Schumacher tem 51 e Raikkonen 33.

A próxima etapa será no dia 25 de junho em Montreal no Canadá.

Final:


1) Fernando Alonso (ESP/Renault/M), 60 voltas em 1h25min51s927
2) Michael Schumacher (ALE/Ferrari/B), a 13s9
3) Kimi Raikkonen (FIN/McLaren-Mercedes/M), a 18s6
4) Giancarlo Fisichella (ITA/Renault/M), a 19s9
5) Felipe Massa (BRA/Ferrari/B), a 31s5
6) Juan Pablo Montoya (COL/McLaren-Mercedes/M), a 1min04s7
7) Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber/M), a 1min11s5
8) Jacques Villeneuve (CAN/BMW Sauber/M), a 1min18s2
9) Nico Rosberg (ALE/Williams-Cosworth/B), a 1min19s
10) Rubens Barrichello (BRA/Honda/M), a 1 volta
11) Jarno Trulli (ITA/Toyota/B), a 1 volta
12) David Coulthard (ESC/Red Bull-Ferrari/M), a 1 volta
13) Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
14) Christian Klien (AUT/Red Bull-Ferrari/M), a 1 volta
15) Christijan Albers (HOL/MF1-Toyota/B), a 1 volta
16) Tiago Monteiro (POR/MF1-Toyota/B), a 2 voltas
17) Takuma Sato (JAP/Super Aguri-Honda/B), a 3 voltas
18) Franck Montagny (FRA/Super Aguri-Honda/B), a 3 voltas


Abandonos:


Jenson Button (ING/Honda/M), motor, 9 voltas
Scott Speed (EUA/Toro Rosso-Cosworth/M), acidente, 1 volta
Ralf Schumacher (ALE/Toyota/B), acidente, 1 volta
Mark Webber (AUS/Williams-Cosworth/B), acidente, 1
volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *