F1: Schumacher vence e coloca fogo no campeonato

O alemão Michael Schumacher, da Ferrari, venceu neste domingo (30/07), o GP da Alemanha, em Hockenheim. Com a vitória em casa o heptacampeão diminuiu para onze pontos a sua desvantagem para o espanhol Fernando Alonso, da Renault, 4º colocado na prova. O brasileiro Felipe Massa fez a dobradinha da Ferrari em 2º, com Kimi Räikkönen, da McLaren, fechando o pódio.

 


O pole-position Räikkönen manteve a ponta da corrida até parar nos boxes na 10º volta, provando que estava com pouca gasolina no tanque. Voltou em 8º. Michael Schumacher assumiu a liderança e fez a sua primeira parada na 20º volta. Ele voltou um pouco à frente de Massa, que já havia parado e teve que segurar o carro e deixar o alemão abrir vantagem.


 


O brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, vinha fazendo um ótima prova, quando logo após sair dos pits , na 19º volta, abandonou a prova, com problemas no motor. Ele chegou a rodar devido ao óleo que caiu do motor.


 


A corrida seguiu com Schumacher na frente com Massa a escoltá-lo. Na metade da corrida a classificação era: Schumacher, Massa, Jenson Button, da Honda, Giancarlo Fisichella, da Renault, Mark Webber, da Williams, Fernando Alonso, da Renault, Raikkonen e Christian Klien, da Red Bull.


 


Schumacher parou de novo nos pits na 45º volta, retornando a ponta com tranqüilidade.


 


As Renaults não conseguiam um bom desempenho na pista alemã e Alonso não conseguia superar nenhum adversário. No final da prova ganhou uma posição com o abandono de Webber na 59º volta. Duas voltas depois Alonso chegou a dar um passeio fora da pista, mas manteve a 5º posição.


 


Alonso tem agora 100 pontos no campeonato, contra 89 de Schumacher. A luta pelo titulo esta aberta, faltando seis GPs para o final da temporada.


 


A próxima etapa está marcada para o dia 30 de julho, o GP da Hungria, em Budapeste.


 


Final:



1) Michael Schumacher (ALE/Ferrari/B), 67 voltas em 1h27:51.693
2) Felipe Massa (BRA/Ferrari/B), a 0.720
3) Kimi Raikkonen (FIN/McLaren-Mercedes/M), a 13.206
4) Jenson Button (ING/Honda/M), a 18.898
5) Fernando Alonso (FRA/Renault/M), a 23.707
6) Giancarlo Fisichella (ITA/Renault/M), a 24.814
7) Jarno Trulli (ITA/Toyota/B), a 26.544
8) Christian Klien (AUT/Red Bull-Ferrari/M), a 48.131
9) Ralf Schumacher (ALE/Toyota/B), a 1:00.351
10) Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
11) David Coulthard (ESC/Red Bull-Ferrari/M), a 1 volta
12) Scott Speed (EUA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
13) Christjain Albers (HOL/MF1-Toyota/B), a 2 voltas
14) Tiago Monteiro (POR/MF1-Toyota/B), a 2 voltas


 


Abandonos:


 


Mark Webber (AUS/Williams-Cosworth/B) 60 voltas
Takuma Sato (JAP/Super Aguri-Honda/B) 39 voltas
Jacques Villeneuve (CAN/BMW-Sauber/M) 32 voltas
Rubens Barrichello (BRA/Honda/M) 20 voltas
Nick Heidfeld(ALE/ BMW-Sauber/M) 11 voltas
Pedro de la Rosa (ESP/McLaren-Mercedes/M) 3 voltas
Sakon Yamamoto (JAP/Super Aguri-Honda/B) 2 voltas
Nico Rosberg (ALE/Williams-Cosworth/B) 1 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *