F1: Com três carros Schumacher ficaria na Ferrari, diz Montezemolo

Na apresentação desta quinta do novo carro da Ferrari, o presidente da equipe, Luca di Montezemolo, disse que teria alemão Michael Schumacher na escuderia, se fosse possível correr com três carros na Fórmula 1.

“Eu não estou falando sobre o passado. Michael Schumacher faz parte da nossa história e fui eu quem o fez querer voltar às corridas. Se tivéssemos um terceiro carro, tenho certeza de que agora ele não estaria na Mercedes”, disse.

O presidente, em seguida, falou sobre o interesse de ter Valentino Rossi como piloto oficial, embora o oito vezes campeão do mundo de MotoGP tenha recusado ir para a Fórmula 1. “Valentino é um amigo e um potencial campeão do mundo na Fórmula 1 com formação adequada”.

No entanto, o presidente esfriou a possibilidade. “Eu nunca conversei com ele sobre isso e estamos satisfeitos com nossos pilotos”, complementou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *