F1: Confira as principais mudanças no regulamento para a temporada de 2017


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

A temporada de 2017 começa no próximo final de semana, com a disputa do GP da Austrália, em Melbourne, no dia 26.

Confira as principais mudanças no regulamento, que deixaram os carros bem diferentes dos usados em 2016.

PNEUS
 
Para aumentar a aderência mecânica e fazer com que os carros consigam ir mais rápido, uma das principais mudanças será realizada na largura dos pneus. O dianteiro passa de 24,5cm para 30,5cm, enquanto o traseiro, que tinha 32,5cm passa a ter 40,5cm.

Além das medidas, o composto será mais resistente, sofrendo menos desgaste e diminuindo as paradas nos boxes. O novo material superaquecerá menos também, permitindo que os pilotos possam ficar mais tempo na cola de um adversário. Nos modelos atuais, caso um carro passe muito tempo atrás de outro, os pneus esquentam e o carro perde aderência, sendo obrigado a se afastar.

ASA DIANTEIRA

Passa de 16,5cm para 18cm, o que deve fazer a asa dianteira menos sensível ao ar “sujo” que sobra do carro da frente durante uma perseguição, permitindo que os pilotos possam ficar mais perto do adversário.

ASA TRASEIRA

Mais baixa e mais larga, o aerofólio traseiro passa de 95cm de altura e 75cm de largura para 80cm de altura e 95cm de largura em 2017.

ASSOALHO

A largura máxima da base do carro, que era de 1,4m, agora será de 1,6m, dando ainda mais estabilidade em altas velocidades.

CARROCERIA, PESO E COMBUSTÍVEL

O carro passa de 1,8m para 2m de largura. Com tudo mais largo, os modelos deste ano “engordaram” e estão cerca de 20kg mais pesados. Pelo peso extra e pelo fato de (com mais aderência) os pilotos poderem agora acelerar durante mais tempo em uma volta, o combustível, que era limitado a 100kg por corrida, passa a ser de 105kg.

MOTOR

Os motores são os mesmo da última revolução da categoria, em 2014: 1.6 litro, turbo e com dois sistemas de recuperação de energia MGU-H (recupera energia dos gases de exaustão que giram a turbina do turbo compressor) e MGU-K (recupera energia das frenagens). A principal diferença é que em 2017 não haverá o sistema de tokens, que permitia um desenvolvimento limitado dos motores. Neste ano, o desenvolvimento será ilimitado, o que pode trazer um equilíbrio maior ao longo da temporada. Alvo de críticas desde que foram introduzidos, pelo baixo barulho emitido, as unidades de potência devem acelerar mais forte (com limite giros mais altos) e gerar um som mais alto em 2017.

Pilotos e equipes:

Mercedes GP – Mercedes

Lewis Hamilton (44)
Valtteri Bottas (77)

Red Bull – Renault

Daniel Ricciardo (3)
Max Verstappen (33)

Ferrari – Ferrari

Sebastian Vettel (5)
Kimi Raikkonen (7)

Force India – Mercedes

Sergio Perez (11)
Esteban Ocon (31)

Williams – Mercedes

Felipe Massa (19)
Lance Stroll (18)

McLaren – Honda

Fernando Alonso (14)
Stoffel Vandoorne (2)

Toro Rosso – Renault

Carlos Sainz Jr (55)
Daniil Kvyat (26)

Haas – Ferrari

Romain Grosjean (8)
Kevin Magnussen (20)

Renault – Renault

Jolyon Palmer (30)
Nico Hulkenberg (27)

Sauber – Ferrari

Marcus Ericsson (9)
Pascal Wehrlein (94)

Calendário:

1     Grande Prêmio da Austrália Circuito de Albert Park, Melbourne 26 de março
2     Grande Prêmio da China Circuito Internacional de Xangai, Xangai 9 de abril
3     Grande Prêmio do Bahrein Circuito Internacional de Bahrein, Sakhir 16 de abril
4     Grande Prêmio da Rússia Autódromo de Sochi, Sóchi 30 de abril
5     Grande Prêmio da Espanha Circuito da Catalunha, Barcelona 14 de maio
6     Grande Prêmio de Mônaco Circuito de Monte Carlo, Monte Carlo 28 de maio
7     Grande Prêmio do Canadá Circuito Gilles Villeneuve, Montreal 11 de junho
8     Grande Prêmio do Azerbaijão Circuito Urbano de Baku, Baku 25 de junho
9     Grande Prêmio da Áustria Red Bull Ring, Spielberg 9 de julho
10     Grande Prêmio da Grã-Bretanha Circuito de Silverstone, Silverstone 16 de julho
11     Grande Prêmio da Hungria Hungaroring, Budapeste 30 de julho
12     Grande Prêmio da Bélgica Spa-Francorchamps, Spa 27 de agosto
13     Grande Prêmio da Itália Circuito de Monza, Monza 3 de setembro
14     Grande Prêmio da Malásia Circuito Internacional de Sepang, Kuala Lumpur 17 de setembro
15     Grande Prêmio de Singapura Circuito Urbano de Marina Bay, Singapura 1 de outubro
16     Grande Prêmio do Japão Circuito de Suzuka, Suzuka 8 de outubro
17     Grande Prêmio dos Estados Unidos Circuito das Américas, Austin 22 de outubro
18     Grande Prêmio do México Autódromo Hermanos Rodríguez, Cidade do México     29 de outubro
19     Grande Prêmio do Brasil Autódromo de Interlagos, São Paulo 12 de novembro
20     Grande Prêmio de Abu Dhabi Circuito de Yas Marina, Abu Dhabi 26 de novembro

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *