F1: Conheça os pilotos do programa de jovens pilotos da Renault

Cinco jovens talentos formam a seleção do Renault Driver Development (RDD) para a atual temporada. Eles representarão a Renault nos campeonatos mais prestigiosos da Europa.

O brasileiro Lucas Di Grassi, que competirá mais um ano na GP2, foi confirmado para a quarta temporada consecutiva como piloto integrante do programa Renault Driver Development. Nesta temporada ele pilotará pela equipe bicampeã ART Grand Prix, tornando-se um forte candidato à conquista do título da GP2.

Durante cinco anos, o Renault Driver Development Program (Programa Renault de Desenvolvimento de Pilotos) tem levado adiante seu objetivo de descobrir novos talentos do automobilismo e prepará-los visando às exigências da carreira profissional. Depois de colocar Heikki Kovalainen sob sua tutela em 2002, o RDD guiou o piloto finlandês através dos estágios superiores do automobilismo. Hoje, Heikki é um dos pilotos oficiais da equipe bicampeã mundial ING Renault F1 Team.

Em 2007, o programa RDD aposta em cinco jovens pilotos cujo talento e ambição serão mostrados na Fórmula GP2, World Series by Renault, Campeonato Europeu de Fórmula 3 e Fórmula Renault 2.0.

• Lucas Di Grassi – Brasil – 22 anos
Lucas ingressou no programa RDD em 2004 e mostrou seu potencial quando venceu o prestigioso Grande Prêmio de Macau, em 2005. Após uma temporada de aprendizado na Fórmula GP2 em 2006, o brasileiro será claramente um dos mais sérios candidatos ao título daquele torneio em 2007. O paulista pilotará pela equipe bicampeã ART Grand Prix.

“Nos últimos três anos, a Renault tem ajudado a me tornar um piloto melhor e mais capacitado. É uma grande oportunidade integrar programa RDD. Eu ganhei muita experiência na temporada passada e pretendo usá-la da melhor forma possível para brigar pelo título da GP2 em 2007”, declara o piloto brasileiro.

• Romain Grosjean – França – 20 anos
Romain é um dos mais promissores pilotos franceses de sua geração. Após conquistar o título do Campeonato Francês de Fórmula Renault 2.0 em 2005, Romain ingressou no RDD. No ano seguinte, no Campeonato Europeu de Fórmula 3, Grosjean teve uma temporada extremamente desafiadora, mas seu talento e determinação se sobressaíram. Novamente, em 2007 o francês será integrante do Programa RDD e lutará pelo título europeu da F-3 a bordo de um carro da equipe ASM, a atual campeã.

“Estou muito orgulhoso de integrar o RDD pelo segundo ano consecutivo. Fico imaginando como sou sortudo: a Renault é um grupo internacional enorme e também é bicampeã da Fórmula 1 – e me patrocina!”.

• Ben Hanley – Inglaterra – 22 anos
Veloz e combativo, Ben Hanley entra no segundo ano como membro do programa RDD. Em 2006, sua segunda temporada no automobilismo, ele participou da World Series by Renault. Naquele torneio, Hanley pontuava regularmente e chegou a vencer e a obter um pódio em Misano, Itália. Para 2007, Ben brigará pelo título da World Series como membro da equipe Prema Powerteam.

“Estar no RDD não tem preço. Em um ano eu me tornei um piloto melhor preparado mental e fisicamente. Serei ainda mais competitivo em 2007”.

• Nelson Panciatici – França – 18 anos
Aos 17 anos de idade, Nelson Panciatici tornou-se um dos mais jovens pilotos a ingressar na Fórmula Renault 2.0. Extremamente veloz e sempre se aprimorando, o francês terminou sua temporada 2006 vencendo em Albi e registrando seis pódios e uma pole position. Novato no Programa RDD, Panciatici tentará mostrar seu talento nos Campeonatos Europeu e Francês de Fórmula Renault 2.0 com a SG Formula, uma equipe de ponta.

“Eu estou orgulhoso de fazer parte do Programa RDD. É algo que realmente me dá mais motivação: a Renault é uma empresa francesa que brilha na Fórmula 1. Pretendo trabalhar duro e fazer o melhor para provar que mereço estar neste programa exigente”.

• Dani Clos – Espanha – 18 anos
Com oito vitórias – sendo seis delas consecutivas – e três pódios, Dani Clos tornou-se campeão da Fórmula Renault 2.0 Espanhola em 2006. Durante aquela temporada, ele também brigou pelo título europeu, vencendo três provas e assinalando quatro pole positions. Muito promissor, Dani, que também é o mais jovem membro do RDD em 2007, irá competir no Campeonato Europeu de Fórmula 3 com a equipe Signature.

“Eu acredito que com o RDD tenho melhores chances de me tornar um piloto professional. E sei que esta é uma oportunidade única e vou fazer o que for necessário para provar à Renault que ela tomou a decisão correta ao me escolher para o programa.”

Renault Driver Development

O programa RDD foi lançado em 2002 pela Renault F1 Team. Durante uma temporada, os pilotos selecionados devem demonstrar seu potencial na pista, mas também precisam provar suas qualidades atléticas enquanto seguem as instruções de um preparador físico dedicado ao desenvolvimento do desempenho dos competidores. Os pilotos do RDD também devem representar a Renault no mundo inteiro. O RDD é reconhecido como um programa seletivo, rigoroso e eficiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *