F1: Cortando gastos, Fota mantém veto ao reabastecimento

Na última quarta-feira, as atuais integrantes da Fórmula 1 só concordaram em participar do Mundial 2010 porque o regulamento desta temporada será mantido. Essa condição, porém, é flexível, e a probição ao reabastecimento, que já havia sido anunciada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) como novidade para o ano que vem, continuou de pé apesar da reviravolta.

Após quase dois meses de uma verdadeira batalha nos bastidores dos esportes a motor, a Fota (Associação de Equipes da Fórmula 1) conseguiu barrar o polêmico teto orçamentário opcional proposto por Max Mosley para o ano que vem. Além disso, ficou acertado ainda que as demais regras do campeonato seguiriam valendo, mas esse acordo não é tão rígido, segundo revelou uma fonte não identificada da entidade à revista britânica Autosport.

“Haverá algumas emendas nas normas que precisam ser aprovadas de forma unânime. Elas têm relação com o reabastecimento e com outros itens e serão completadas nas próximas semanas”, disse o informante, em declarações que aprovam a medida anterior tomada pela FIA em abril passado. Na época, a ideia da entidade era limitar as paradas nos boxes às tradicionais trocas de pneus. Assim, os custos com transporte do equipamento seriam reduzidos e os fornecedores de motor ainda seriam incentivados a fabricar propulsores mais econômicos.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *