F1: Coughlan teria pedido desculpas por espionagem

O ex-chefe dos projetistas da McLaren, Mike Coughlan, teria dito, segundo o site especializado em automobilismo Autosport, que está arrependido por ter recebido informações do ex-mecânico da Ferrari Nigel Stepney e pedido desculpas por contribuir para o caso de espionagem.

“Eu gostaria de pedir desculpas à Ferrari. Minha paixão e entusiasmo pela engenharia automobilística me deixou fazer um pobre julgamento no meu relacionamento com Stpeney”, afirmou, segundo o site.

“Estou muito arrependido pelo transtorno que eu causei para a McLaren. O problema é que meu genuíno remorso não é o suficiente para consertar o estrago que eu fiz”, completou.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *