F1: Crescem as chances de Kubica ser titular na Williams

As chances de Robert Kubica voltar a pilotar como titular na Fórmula 1 aumentaram, segundo o jornal russo “Sport Express”. Isso porque o polonês receberá um apoio financeiro de US$ 10 milhões de patrocínio da companhia de óleo PKN Orlen para assegurar um cockpit na Williams, desbancando o russo Sergey Sirotkin, que também leva um grande aporte de seus apoiadores.

A rádio poloneza Zet confirmou as informações e acrescentou que o presidente da companhia, Daniel Obajtek, se reuniu nesta semana com Kubica para tratar dos últimos detalhes do patrocínio. Ainda segundo a rádio, a PKN Orlen ainda poderia assinar um contrato de fornecimento de lubrificantes com a tradicional equipe inglesa. A empresa emitiu nota confirmando a reunião com o piloto, mas não entrou em detalhes sobre o que foi discutido.

“Nesta fase, ainda é cedo para falar de uma potencial cooperação ou de qualquer detalhe. Ao mesmo tempo, confirmamos que houve uma reunião entre o presidente do conselho de administração da PKN Orlen, Daniel Obajtek e Robert Kubica”.

Robert Kubica, que hoje é piloto reserva da Williams, não disputa uma corrida de Fórmula 1 desde o fim de 2010. Em fevereiro de 2011, o polonês sofreu um grave acidente de rali no qual quase teve o braço direito amputado. Depois de uma longa recuperação, Kubica voltou a pilotar carros de Fórmula 1 em testes no ano passado e esteve perto de ser confirmado como titular da Williams este ano, mas foi preterido por Sergey Sirotkin e seu investimento. A Kubica restou participar de treinos de sexta-feira.

“Eu estou calmo. Só posso agradecer aos meus fãs por me apoiarem. Vamos torcer para nos veremos no ano que vem, mas não vou parar de sorrir. Não sei o que vai acontecer, mas posso dizer que estou trabalhando nisso”, comentou Kubica na Polônia.

Por enquanto, o único titular confirmado pela Williams para 2019 é o inglês George Russell, virtual campeão da Fórmula 2.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *