F1: Crise afeta venda de ingressos para GP da Malásia

De acordo com o jornal New Straits Times, as vendas antecipadas de ingressos para o Grande Prêmio da Malásia caíram em 20%, em comparação ao número de entradas vendidas no evento do ano passado.

De acordo com Razlan Razali, o diretor da prova, a crise econômica mundial foi um dos fatores que ajudaram a agravar a crise nas vendas, mas ele ainda acredita que o lucro virá.


“Geralmente, os malaios sempre deixam para comprar na última hora. Por isso, podemos esperar mais novidades”, afirmou o dirigente do GP, que acontecerá entre os dias 3 e 5 de abril.


Outro fator que é levado em conta pelos diretores da prova é o desempenho dos carros no GP da Austrália, entre os dias 26 e 29 de março, que antecede a prova malaia. Eles torcem para que a disputa esteja satisfatória, para que os resultados ruins não ‘contaminem’ a venda de ingressos para a etapa da Malásia.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *