F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) venceu neste domingo (25/06) o GP da Baku, no Circuito de Baku, oitava etapa da temporada. O finlandes Valtteri Bottas (Mercedes) e o canadense Lance Stroll (Williams) completaram o pódio.

Em uma largada tumultuada o pole-position, o britânico Lewis Hamilton manteve a ponta. Logo atrás os finlandeses Kimi Raikkonen (Ferrari) e Valtteri Bottas (Mercedes) se tocaram, espalhando pedaços de carros pela estreita pista de rua. Bottas, com um pneu furado, foi para os boxes (voltando em último), com Raikkonen permanecendo na pista em quinto.

O russo Dniil Kvyat (Toro Rosso) rodou, com o seu parceiro de equipe, o espanhol Carlos Sainz Jr, também rodando, para evitar a batida.

Hamilton liderava, seguido pelo alemão Sebastian Vettel (Ferrari) e o mexicano Sergio Pérez (Force India).

F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão

Com seis voltas, Ricciardo foi o primeiro a entrar nos boxes, trocando os pneus supermacios pelos macios.  Na volta seguinte o britânico Jolyon Palmer (Renault) com problemas de freios, abandonou nos boxes. Kvyat parou na pista, ao lado do muro, provocando a primeira bandeira amarela, na 11ª volta.  O holandês Max Verstappen (Red Bull), que vinha em quarto, abandonou com o motor quebrado.

Os lideres foram para os boxes, para a troca de pneus.  Na 17ª volta a prova recomeçou, com Hamilton mantendo a liderança, seguido por Vettel.  O brasileiro Felipe Massa (Williams) fez uma grande manobra, superando Raikkonen e o francês Esteban Ocon (Force India), e assumindo a quarta posição.

Pouco depois o Safety-Car retornou para a pista, devido a muitos detritos espalhados. Os carros passaram por dentro do pit lane, para a limpeza completa da pista.

F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão

Na 21ª volta com o Safety-Car a frente dos carros, Hamilton reduziu a velocidade, com Vettel não conseguindo reduzir a tempo e acertou a traseira da Mercedes duas vezes. O tetracampeão reclamou gesticulando os braços, e colocou a Ferrari o lado da Mercedes, dando uma fechada no britânico.

A bandeira vermelha foi acionada, para uma limpeza decente na pista, cheia de pedaços de carros espalhados.  A organização da prova teve dificuldades em conseguir comissários para a prova, sendo obrigada a trazer comissários dos GPs do Canadá  e Bahrein, o que prejudicou e atrasou os trabalhos de limpeza da pista e remoção dos carros, na pista mais apertada do calendário.

F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão

Os carros foram para os pits, com os pilotos saindo dos carros, alguns como Hamilton conferindo os estragos no carro.

Com a prova reiniciada, Hamilton liderava, seguido por Vettel, Ricciardo, Stroll e o alemão Nico Hulkenberg (Force India). Massa, com problemas em uma suspensão do carro, perdeu varias posições.

Na 24ª volta Hulkenberg bateu forte no muro, abandonando, mas sem precisar acionar o SC. Na volta seguinte, Massa abandonou.

Hamilton tentava se distanciar de Vettel, enquanto tinha problemas com a proteção lateral, que estava solta. Na reta principal, o britânico segurava a proteção com a mão direita. Na 31ª volta Hamilton foi obrigado a entrar nos boxes, para fixar corretamente o protetor. Voltando em oitavo. Vettel assumiu a ponta, seguido por Ricciardo, Stroll e o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas).

Vettel levou um stop-and-go de dez segundos, pela espremida em Hamilton, deixando a ponta para Ricciardo, na 34ª volta. Vettel voltou em sétimo, logo a frente de Hamilton. Vindo da última posição Bottas superou Ocon na 39ª volta, pelo terceiro lugar.

Pérez e Raikkonen, que levaram um drive-trough, devido as suas equipes terem consertado os carros fora dos boxes (durante a bandeira vermelha), abandonaram.

Ricciardo levou o carro até a bandeirada sem problemas.Na reta de chegada Bottas superou Stroll, sendo o segundo colocado.

F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão

Vettel terminou em quarto, seguido por Hamilton e Ocon. Magnussen foi o sétimo, seguido por Sainz. O espanhol Fernando Alonso (McLaren) marcou os primeiros pontos da equipe no ano, com a nona posição. O alemão Pascal Wehrlein (Sauber) fechou a zona de pontos.

Vettel lidera o campeonato com 153 pontos, seguido por Hamilton com 139 e Bottas com 111.

A próxima etapa acontece no dia 09 de julho, no Red Bull Ring, na Áustria.

F1: Daniel Ricciardo vence o movimentado GP do Azerbaijão

Final:

1. Daniel Ricciardo AUS Red Bull – TAG    51 voltas
2. Valtteri Bottas FIN Mercedes – Mercedes +3.904s
3. Lance Stroll    CAN Williams – Mercedes    +4.009s
4. Sebastian Vettel ALE Ferrari – Ferrari +5.976s
5. Lewis Hamilton GBR Mercedes – Mercedes +6.188s
6. Esteban Ocon    FRA Force India-Mercedes +30.298s
7. Kevin Magnussen DIN Haas-Ferrari +41.753s
8. Carlos Sainz    ESP Toro Rosso-Renault +49.400s
9. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +59.551s
10. Pascal Wehrlein ALE Sauber – Ferrari +1m 26.573s
11. Marcus Ericsson SUE Sauber – Ferrari +1m 29.550s
12. Stoffel Vandoorne    BEL McLaren-Honda +1m 30.041s
13. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +1 volta

Abandonos:

Kimi Raikkonen FIN Ferrari – Ferrari 46 voltas
Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 40
Felipe Massa BRA Williams – Mercedes 26
Nico Hulkenberg    ALE Renault – Renault 25
Max Verstappen HOL Red Bull – TAG 12
Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Renault 11
Jolyon Palmer GBR Renault – Renault 10

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *