F1: Dennis deixa McLaren de vez, e Whitmarsh também vira CEO

“Não abandonei o barco”. Essas eram as palavras pronunciadas por Ron Dennis em janeiro passado, argumentando que, embora estivesse para deixar o comando esportivo da McLaren, continuaria como o CEO (sigla em inglês para chefe-executivo) da escuderia de Woking. Mais de três meses depois, o histórico dirigente voltou atrás para anunciar que está passando esse cargo também para Martin Whitmarsh, atual chefe de equipe dos ingleses.

Assim, Dennis abandona definitivamente a McLaren Racing após dedicar-se por 28 anos aos interesses da marca na Fórmula 1. A partir desta sexta-feira, dia em que concedeu entrevista coletiva na fábrica de Woking, ele estará somente ligado à McLaren Automotive, que se tornará uma companhia independente cujo foco é o ramo de carros esportivos de rua.

Segundo o britânico, a nova decisão de ser substituído por Whitmarsh é totalmente sua: “Admito que não é fácil levar isso adiante, pois sempre lutei muito pela McLaren na F-1. Duvido que Max Mosley ou Bernie Ecclestone fiquem irritados com minha decisão, mas ninguém me pediu para fazer isso. Eu era a arquitetura da reestruturação do grupo e, de novo, ninguém pediu para eu sair. Eu que optei”.

Segundo Dennis, essa postura vem amadurecendo desde que ele não foi ao Grande Prêmio da Malásia, no início de abril. “Quando passei a função de chefe de equipe para Martin Whitmarsh me perguntaram muitas vezes se eu estaria na corrida da Austrália. Eu devidamente fui lá, ainda que como uma pessoa que não estivesse a cargo da McLaren, e essa situação foi estranha. Já à prova da Malásia assisti na televisão – uma atividade que surpreendentemente achei fácil”.

Para fechar, o antigo homem-forte do time se disse animado com sua nova função na hierarquia britânica. “Sinto-me muito entusiasmado com as perspectivas do nosso projeto. Também não tenho qualquer dúvida em deixar Martin cuidando dos assuntos ligados à Fórmula 1”, encerrou ele, apostando alto no seu sucessor.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *